24 maio 2022 7:22
24 maio 2022 7:22

Sem acordo, médicos mantém greve no Acre por tempo indeterminado

Decisão foi tomada nesta quarta (6) em assembleia geral. Servidores aguardam posicionamento do governo. Já os demais trabalhadores da saúde optaram por suspender movimento.

Por G1 Ac

Os médicos decidiram que vão manter, por tempo indeterminado, a paralisação das atividades no Acre. Nesta quarta-feira (6), o Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed-AC) anunciou que profissionais provisórios do Instituto de Gestão e Saúde do Acre (Igesac) também aderiram ao movimento. Os servidores decidiram por continuar o movimento durante uma assembleia geral, realizada nesta quarta.

Ainda segundo o sindicato, a paralisação segue sem movimento nas ruas enquanto aguarda um acordo com o governo do estado. Além disso, os profissionais afirmam que vão manter os atendimentos de urgência e emergência e de pacientes já internados com Covid-19.

“Estamos aguardando alguma proposta concreta da gestão do governo com o qual estabelecemos um novo contato na segunda [4]. Eles ficaram de nos dar uma resposta ate o dia 18, já que a primeira parte do acordo ainda não foi cumprida. Aguardamos alguns pontos que ainda precisam ser comtemplados, foi pedido que o movimento fosse interrompido ou pelo menos suspenso até o dia 18, mas a classe optou por manter o movimento. Tivemos todo o ano de 2021 e início de 2022 para que as propostas fossem cumpridas e nada aconteceu de fato”, destacou o presidente do Sindmed-AC, Guilherme Pulici.

No dia 11 de março, o governo anunciou um reajuste de 5,42% para servidores públicos ativos e inativos do estado e também o reajuste do salário equiparado ao piso nacional no valor de 33,24%, além do auxílio alimentação mensal para os servidores ativos da SEE de R$ 420.

Na terça (5), após retornar das discussões nas comissões, os deputados estaduais aprovaram por unanimidade, com 14 votos dos deputados presentes, o Projeto de Lei de número 33, que concede aumento de 5,42% aos servidores públicos do estado, que não teve a votação computada durante a sessão que ocorreu na madrugada da última sexta (1).

Sintesac suspende greve

Também na terça, durante assembleia geral, enfermeiros, técnicos em enfermagem, nutricionistas, farmacêuticos, dentistas, servidores administrativos e de apoio decidiram voltar ao trabalho normal nesta quinta enquanto negociam com a gestão estadual.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Acre (Sintesac), Adailton Cruz, explicou que a categoria entrou com um mandado de segurança pedindo, em juízo, a reposição salarial de 2019 a 2021.

“Estamos negociando também o reajuste de plantões e outras questões em paralelo até o dia 18. Seguimos em negociação”, resumiu.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.227 outros assinantes

ÚLTIMAS