23 maio 2022 5:06
23 maio 2022 5:06

Rússia não cortará fornecimento de gás à Europa imediatamente, diz Kremlin

Por Redação Ecos da Notícia

Porta-voz falou sobre decreto publicado pelo presidente Putin na quinta-feira (31) que promete interromper entrega se pagamento não for feito em rublos.

A Rússia diz que não começará a cortar o fornecimento de gás para “países hostis” imediatamente sob um novo decreto que exige o pagamento em rublos a partir de 1º de abril.

“Ontem, recebi muitas perguntas sobre se isso significa que, se não houver confirmação em rublos, isso significa que o fornecimento de gás será cortado a partir de 1º de abril? Não, isso não acontece e não segue o decreto”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, na sexta-feira (1).

Peskov disse que os pagamentos das entregas feitas hoje não devem ser pagos até o final de abril ou início de maio. “Mas, mais uma vez, repito que, para as nuances, é melhor entrar em contato com a Gazprom”, disse Peskov.

De acordo com o novo decreto publicado ontem, o Gazprombank abriria contas em nome de compradores de gás ocidentais, converteria seus euros ou dólares e depois depositaria os rublos em outra conta que seria usada para pagar à Gazprom.

O chanceler alemão Olaf Scholz insistiu na quinta-feira (31) que Berlim fará pagamentos pelo gás russo apenas em euros. “Examinamos os contratos de entrega de gás e outras entregas. e dizem que os pagamentos devem ser feitos em euros, às vezes em dólares americanos, mas principalmente em euros. E deixei claro em minha conversa com o presidente russo que isso permanecerá como está”, disse Scholz em Berlim durante uma entrevista coletiva conjunta com seu colega austríaco Karl Nehammer.

O comissário de Economia da UE, Paolo Gentiloni, disse a Richard Quest da CNN na quinta-feira que esta “é uma tentativa de contornar as sanções europeias e chantagear a União Europeia”.

Respondendo a uma pergunta, Peskov disse a repórteres na sexta-feira que a decisão de vender gás por rublos poderia ser revertida no futuro, mas por enquanto o rublo é a opção preferida da Rússia. “Absolutamente. Se surgirem outras condições. Neste caso, não há concreto armado, mas nas condições atuais, o rublo é uma opção mais preferível e confiável para nós”, disse ele.

Fonte: CNN BRASIL

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.224 outros assinantes

ÚLTIMAS