25 maio 2022 8:01
25 maio 2022 8:01

No Acre, Detran realiza programa gratuito de alfabetização para pessoas que querem tirar ou renovar CNH

O diferencial do programa é que o ensino ocorre de forma personalizada. Além disso, os interessados podem agendar o horário que preferirem, de acordo com sua disponibilidade, o que facilita o processo

Por Redação Ecos da Notícia

O programa de alfabetização é realizado de forma contínua (Foto: Assessoria/Detran/AC)

Saber ler e escrever é requisito obrigatório para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), mas não é uma tarefa tão simples para pessoas que, pela falta de oportunidades, não puderam cursar o ensino regular. Todavia, desde 2011, o Departamento de Trânsito do Acre (Detran) tem ajudado os cidadãos a se alfabetizarem.

O programa já alfabetizou cerca de 200 pessoas desde que foi criado e, após uma pausa em decorrência da pandemia de covid-19, as ações foram retomadas recentemente. Cléia Machado, coordenadora de Educação de Trânsito do Detran/AC, é Pedagoga explica que o programa surgiu a partir da demanda do público.

“A ideia dessa sala de aula surgiu da diretoria do Detran em 2011. A gente começou a atender e ajudar essas pessoas, a partir do momento que começamos a receber uma demanda do setor de habilitação onde nós fazemos testes de leitura e escrita com condutores que tem problemas no teste psicotécnico. Lá, eles identificam que, na maioria das vezes, até 90% dessas pessoas tem dificuldades com a leitura e escrita e interpretação, às vezes não entendem o que é pra fazer na hora do teste, aí eles mandam para esse setor do Detran, e encaminham para a Educçaão de Trânsiuto,ao fazer esse testes alguns tinham uma deficiencia na alfabetização, são pessoas humildes que tiveram que trabalhar muito cedo, não puderam continuar seus estudos, então o Detran pensou nessas pessoas, pois é uma forma de a gente ajudar. Já que a gente tem no quadro pessoas que tem formação, então por que não?”, conta Cléia.

Desde que foi criado, o programa de alfabetização já ajudou cerca de 200 pessoas a tirarem ou renovarem suas CNHs (Foto: Assessoria/Detran/AC)

O diferencial do programa é que o ensino ocorre de forma personalizada. Além disso, os interessados podem agendar o horário que preferirem, de acordo com sua disponibilidade, o que facilita o processo.

“Quando elas conseguem (passar os testes), pra nós, é muito grafiticante. Nossa sala comporta até 12 alunos e temos duas professoras a disposição deles. A gente faz uma matricula, aí fazemos um diagnóstico para identificar qual a dificuldade da pessoas e, a partir disso, planejamenos as atividades. Até hoje, nenhum aluno chegou sem saber nada, todos já tinham um conhecimento prévio, então a gente só partiu dali para poder auxiliá-los. O período varia de pessoa para pessoa. Tem pessoas que passaram um mês, ou até seis meses, cada um vai no seu tempo”, reforça.

O açogueiro Romário Ferreira, 38 anos, lembra que ficou sabendo do programa por meio de conhecidos. Após tentar a prova várias vezes sem sucesso, ele tem a certeza de que o acompanhamento foi muito importante na sua vida.

“Fiz várias provas e não consegui passar aí fui estudar no Detran, onde a minha mente abriu mais, ganhei mais conhecimento. Foi muito bom. Eu passei mais de um mês estudando, só que eu trabalho, aí ficou ruim por causa do tempo”, relembra ele, afirmando, ainda, que a flexibilização dos horários foram fundamentais neste processo.

Qualquer pessoa que precise e queira se alfabetizar pode procurar o Detran para acessar o serviço. Para mais informações, basta entrar em contato por meio do telefone (68) 9952-4845.

Por AGazetadoacre.com

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.226 outros assinantes

ÚLTIMAS