18 maio 2022 9:03
18 maio 2022 9:03

Menino de 3 anos morre após ter alta do hospital duas vezes: irmão fala sobre negligência médica

A Secretaria de Saúde de Itatira lamentou a perda em nota oficial e falou que o médico que cuidou do caso foi afastado. O irmão que é influenciador relatou a trajetória da família pela busca de atendimento médico

Por Redação Ecos da Notícia

O menino de 3 anos, chamado João Gabriel, morreu na última segunda-feira, 18 de abril, depois de ser liberado duas vezes de um hospital municipal de Itatira, interior do Ceará. O irmão de João é um influenciador digital da região, e segundo ele, houve negligência médica.

O influenciador fez diversas publicações sobre a possível negligência e o médico que atendeu o garoto, foi afastado até segunda ordem. A delegacia Regional de Canindé disse que notificou tanto os funcionários do hospital como o médico que cuidou do caso para serem ouvidos sobre a morte do garoto.


O irmão do garoto relatou a trajetória da família para buscar um hospital que atendesse a criança (Foto: Reprodução/ Instagram @paulohenriqueif)

Atendimento no Hospital

O irmão de João, Paulo Henrique, falou sobre a luta da família nas buscas por atendimento para o menino de 3 anos no Hospital Municipal, no bairro Lagoa do Mato. O menino começou a passar muito mal no último domingo, 17 de abril, com febre e dor de garganta, segundo o irmão.

O influenciador relatou o estado do irmão enquanto a família buscava atendimento médico, “Meu irmão estava com 39 graus de febre, levamos para o hospital no domingo. O médico atendeu, passou uma injeção, ele tomou a injeção e passou uns remédios para a minha mãe comprar e ela comprou. Ele tomou a injeção e nada da febre dele baixar, aí nós levamos para o enfermeiro. O enfermeiro deu um remédio que baixou a febre, ele melhorou mais e nós viemos para casa”.


O garoto tinha 3 anos e segundo família, recebeu alta duas vezes do hospital (Foto: Reprodução/ Instagram @paulohenriqueif)

Na madrugada do dia 18 de abril, segunda-feira, o menino teve uma piora no quadro quando foi levado novamente para o hospital. “Quando foi 1h da manhã meu irmão começou a gemer, falando de uma dor na barriga, a febre ficando muito alta de novo e nós levamos para o hospital novamente. Chegando lá, o vigia foi chamar o médico, o médico demorou mais de 30 minutos para descer. Ele passou mais duas injeções para o meu irmão, sendo que ele já tinha tomado uma, e a febre dele não baixou, estava em 38,1 graus e o médico mandou a gente vim para casa”, disse o influenciador, irmão de João Gabriel.


O influenciador desabafou sobre o caso nas redes (Foto: Reprodução/ Instagram @paulohenriqueif)

Após o ocorrido, a família retornou para casa. Porém, João teve uma piora no caso. “Quando ele chamou minha mãe ele já estava bem roxinho. Aí minha mãe deu entrada no hospital novamente com ele. Chegou lá o médico botou ele no soro. Quando foi 12h meu irmão começou a passar mal, tentaram reanimar, mas ele morreu” relatou o influenciador.

Segundo informações dadas pelo irmão do garoto nas redes, a família pediu para transferirem o menino para um outro hospital em Canindé, mas antes mesmo da transferência, o menino veio a falecer. João Gabriel será velado dia 19 de abril, terça-feira, em Barro Velho. O enterro será no Cemitério da Lagoa do Mato. A tag “Justiça por Biel” está circulando nas redes sociais.

A Secretaria de Saúde de Itatira divulgou uma nota de pesar sobre o acontecimento.

“Lamentamos profundamente o falecimento do nosso João Gabriel Sousa da Silva, o Biel, estudante da rede de ensino de nosso município.

A secretaria de Saúde está tomando todas as providências e medidas para apurar o procedimento de atendimento a criança em nossa rede de saúde. Estamos apurando a conduta do médico e tomaremos todas as medidas cabíveis.

Afastamos temporariamente o médico que fez o atendimento a criança, e estamos acompanhando o caso, para que de forma justa e verdadeira possamos dar uma resposta a família e a nossa sociedade itatirense.

Sabemos que nada vai amenizar a dor da perda de uma criança cheia de vida e querida por todos, nos solidarizamos com a dor dos familiares e estamos buscando todos os meios cabíveis junto a órgãos responsáveis para apurar com exatidão o caso.

A família enlutada, nosso mais fraterno abraço e pêsames”.

Fonte: Pais&Filhos

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.211 outros assinantes

ÚLTIMAS