19 maio 2022 9:46
19 maio 2022 9:46

Indígena suspeito de estuprar duas mulheres em Cruzeiro do Sul é condenado a mais de 18 anos de prisão

Por Redação Ecos da Notícia

Em 2021, a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), de Cruzeiro do Sul, iniciou uma investigação a respeito de crimes de estupros cometidos contra mulheres por um indígena. Agora, o acusado foi sentenciado a 18 anos de prisão.

O indígena é suspeito de ter cometido, pelo menos, dois crimes com os mesmos modos operantes. “Usando o seu carro, interceptando as vítimas que andavam de moto e estuprando essas mulheres. Depois de uma investigação bem minuciosa, conseguimos encontrar o suspeito, indiciar e decretar sua prisão”, contou o delegado da DEAM, Romulo Carvalho.

Várias provas foram levantadas contra o acusado, inclusive vídeos. “Quero aproveitar o espaço para parabenizar a equipe, os agentes, escrivães e todos da Delegacia da Mulher que sempre se dedicaram muito para desvendar os crimes. E nessa investigação em particular, foram reunidos vários elementos: imagens do veículo, identificação do suspeito”, explicou o delegado.

Fonte: Juruá em Tempo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.222 outros assinantes

ÚLTIMAS