23 maio 2022 6:58
23 maio 2022 6:58

Estado promove reunião de alinhamento do início do ano letivo com as equipes gestoras das escolas

Por Agência de Notícias do Acre

A Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE), reuniu na tarde desta quinta-feira, 7, as equipes gestoras da rede estadual de ensino de Rio Branco, para alinhar assuntos relacionados ao início do ano letivo 2022 previsto para o dia 11, em todas as escolas estaduais, de forma presencial.

O secretário de Educação esclarece que o voucher será entregue na escola e os pais vão levar à malharia mais próxima para retirar o kit de uniforme. Foto: Mardilson Gomes/SEE

Os principais assuntos tratados na reunião incluíram o calendário escolar estadual do ano letivo de 2022; a distribuição dos uniformes escolares para todos os estudantes da rede; o kit aluno (material escolar), para os estudantes do ensino básico e o momento de acolhimento dos alunos.

Para iniciar o ano letivo, a SEE orienta as escolas a atenderem as exigências que o Conselho Estadual de Educação determina quanto ao protocolo sanitário, que é o uso de máscaras, álcool em gel, tapete sanitizante e rodízio de estudantes na hora do lanche.

O secretário da pasta, Aberson Carvalho, reforçou a importância do preparo para o momento de acolhimento dos alunos na escola. “Com o retorno presencial, precisamos desenvolver e trabalhar o socioemocional dos nossos alunos, para essa retomada. Eles não estão mais adaptados às suas rotinas. É um novo momento”, declarou.

Reunião de alinhamento para o início do ano letivo 2022 nas escolas estaduais. Foto: Mardilson Gomes/SEE

Foram apresentadas duas propostas de calendário escolar, que as escolas poderão aderir, adequar e apresentar à SEE, contemplando os 200 dias letivos, exigidos por lei. Um calendário que corresponde ao 1º ano do ensino fundamental à 2ª série do ensino médio e outro para as turmas de 3ª série do ensino médio.

A diferença de calendário se dá em função dos estudantes da 3ª série, que farão o Enem em novembro e precisam de um calendário mais intensivo.

Outra particularidade de calendário acontece com as escolas indígenas e as unidades escolares do campo, que estão em ciclos e que são de difícil acesso, bem como as escolas que estão passando por reforma. Mesmo as escolas que, por algum outro motivo, não iniciarem as aulas no dia 11, terão um calendário adequado a cada realidade, com aprovação do Conselho Estadual de Educação (CEE).

Além do uniforme, os 145 mil estudantes da rede receberão o kit aluno (material escolar), uma squeeze e uma mochila. Foto: Mardilson Gomes/SEE

“Enquanto sistema de ensino não podemos ter várias particularidades, até mesmo porque somos regulados pelo CEE, e ele estabelece normativas de aprovação de calendário escolar”, esclareceu o secretário de Educação.

Quanto aos uniformes escolares, este ano os pais vão pegar o vale na escola e levar à malharia mais próxima para retirar o kit de uniforme. Cada aluno terá direito a duas camisetas, uma calça ou uma bermuda ou mesmo um short saia, de acordo com cada etapa de ensino. Os alunos dos colégios militares também serão contemplados com uniforme.

Além do uniforme, os 145 mil estudantes da rede receberão o kit aluno (material escolar). Este ano os alunos do ensino médio também serão contemplados. Outra grande novidade é a garrafinha (squeeze) e a mochila, que já estão em fase de confecção.

Serão convocados mais 300 professores para suprir as vagas no quadro funcional das escolas. Foto: Mardilson Gomes/SEE

O secretário garantiu, ainda, que 90% do quadro de professores está completo e os 10% que faltam, por diversos problemas, serão sanados com os 201 profissionais efetivos novos, e serão convocados também mais 300 professores para suprir as vagas.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.225 outros assinantes

ÚLTIMAS