23 maio 2022 12:47
23 maio 2022 12:47

Educação apresenta o Calendário Escolar e novidades para o ano letivo 2022 não publicar agora

Por Redação Ecos da Notícia

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE), deu início ao ano letivo 2022 no dia 11, com o calendário escolar da rede pública estadual de ensino aprovado pelo Conselho Estadual de Educação (CEE) e publicado no Diário Oficial.

O cronograma foi implantado nas escolas públicas de ensino fundamental e médio, seguindo com carga horária mínima de 800 horas ao longo de 200 dias letivos, exceto para os estudantes da 1ª série do Novo Ensino Médio, cuja carga horária mínima exigida é de 1.000 horas, com a mesma quantidade de dias letivos.

De acordo com o calendário, o recesso escolar do meio do ano se inicia no dia 26 de agosto. As aulas serão retomadas para o segundo semestre no dia 16 de setembro, e o término do ano letivo será em 20 de janeiro de 2023, para as turmas do ensino fundamental (1º ao 9º ano) e o ensino médio (1ª e 2ª séries).

Para as turmas de 3ª série do ensino médio o encerramento será em 30 de dezembro. A diferença de calendário se dá em função de que estes estudantes farão o Enem em novembro e precisam de um calendário mais intensivo.

“O CEE nos pediu três calendários, o geral, o específico para a 3ª série do ensino médio e o calendário das escolas que estão em reforma. O conselho vai monitorar todos eles”, pontuou a professora Gleicicleia Gonçalves de Souza, diretora de Ensino da SEE.

Para atender a organização escolar própria da Educação do Campo, Educação Indígena ou da especificidade da região em que a escola estiver inserida, o calendário escolar poderá ser adequado à realidade de cada localidade, obedecendo às exigências previstas na legislação de ensino quanto ao mínimo de dias letivos e carga horária anual.

A previsão de início das aulas nas escolas de difícil acesso é para o dia 2 de maio, exceto as indígenas, que têm um cronograma totalmente atípico, sendo sazonal, e os professores ainda participarão de formação pedagógica.

Das 33 escolas que estão em reforma e ainda não iniciaram o ano letivo, 19 delas estão passando por grandes obras e todas terão um calendário específico, adequado a sua realidade, com a mesma coerência que os outros dois calendários já aprovados.

As escolas que estão em reforma terão um calendário adequado, com a mesma coerência que os outros dois calendários já aprovados. Foto: Mardilson Gomes/SEE

Antes de iniciar as aulas, os profissionais das escolas passaram por formação para receber e acolher os estudantes, os professores e os pais, neste momento de readaptação à rotina.

Gleicicleia de Souza reforçou a importância de discutir o acolhimento com as equipes formadoras. “Após dois anos afastados a questão socioemocional vai ser essencial. Com relação a como receber o profissional na escola, isso foi trabalhado de forma padronizada nas formações”, concluiu.

Calendário Letivo 2022:

Confira as principais datas:

Geral – Ensino Fundamental e Médio (1ª e 2ª séries)

Início do ano letivo: 11 de abril

Recesso Escolar dos alunos: 26 de agosto a 16 de setembro

Recesso Escolar dos professores: 26 de agosto a 9 de setembro

Reinício das aulas: 12 de setembro (início do 2º semestre)

Encerramento do ano letivo: 20 de janeiro/2023

Ensino Médio (3ª série)

Início do ano letivo: 11 de abril

Início do 2º semestre: 15 de agosto

Recesso Escolar: 5 a 9 de setembro

Reinício das aulas: 12 de setembro

Encerramento do ano letivo: 30 de dezembro

Sobre a rede estadual de ensino

O governo do Acre mantém um total de 613 unidades escolares, entre urbanas, campo e indígenas, atendendo cerca de 145 mil estudantes nos 22 municípios acreanos. Entre elas, a rede estadual conta, atualmente, com 10 escolas que ofertam o ensino médio integral, uma escola de ensino fundamental em tempo integral, três escolas militares e quatro cívico-militares, além das outras escolas que ofertam educação básica em todas as modalidades de ensino.

Principais Novidades

Como novidade, ocorre a implementação do Novo Ensino Médio, este ano em novo formato para todas as turmas de 1ª série do estado.

Quanto ao Programa Escola em Casa, passa a ser um suporte pedagógico de continuidade do processo educacional, com foco na recomposição das aprendizagens. As aulas serão ofertadas para complementar o conteúdo visto na sala de aula.

Programa Escola em Casa: as aulas serão ofertadas para complementar o conteúdo visto na sala de aula. Foto: Clícia Araújo/SEE

As aulas seguem direcionadas aos estudantes do ensino fundamental e médio, transmitidas pela TV e rádio, podendo ser acompanhadas também pela plataforma educacional www.educ.see.ac.gov.br. Os conteúdos apresentados ficam disponíveis para consulta.

Haverá o ciclo de palestras nas escolas sobre bullying, violência contra a mulher, relações étnico-raciais, gravidez na adolescência, dentre outras.

A distribuição dos uniformes será diferente neste ano. A partir de maio, o responsável pelo aluno irá até a escola, que dará um voucher (vale) para que ele se dirija até a malharia mais próxima da sua casa e requisite a confecção das peças.

Os alunos receberão gratuitamente, uniforme, material escolar, mochila e garrafinha. Foto: Mardilson Gomes/SEE

Os estudantes do ensino médio serão contemplados com material escolar, pois nos anos anteriores somente os alunos do ensino fundamental recebiam.

Tem ainda a garrafinha (squeeze) e a mochila, que também serão distribuídas, gratuitamente, aos estudantes.

Estas são algumas das novidades do ano letivo 2022 ofertadas pelo governo do Acre aos estudantes da rede pública estadual de ensino.

Fonte: Agência Acre

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.224 outros assinantes

ÚLTIMAS