25 maio 2022 7:20
25 maio 2022 7:20

Contrabando: 587 caixas de cerveja Itaipava foram destruídas após entrada ilegal em Pando, na Bolívia

Por Redação Ecos da Notícia

Uma ação da Polícia Nacional da Bolívia em Cobija, capital do Departamento de Pando, fronteira com o Acre, resultou na prisão de duas pessoas que faziam contrabando com produtos brasileiros. Eles estavam descarregando, por um caminho alternativo, 587 caixas de cervejas adquiridas no Acre. O material foi levado para o aterro de Cobija por determinação da Ordem Fiscal.


Segundo as autoridades, os produtos foram descartados no lixão por não apresentarem registro sanitário. No total, 7.040 latas de cerveja Itaipava teriam sido apreendidas no dia 30 de março. O valor do prejuízo é de B$ 35.200 (R$ 23.615 – Câmbio do dia).

Os infratores que não tiveram as iniciais reveladas, apenas a nacionalidade, sendo um brasileiro e outro boliviano, foram presos numa estrada às margens do Rio Acre. Um dos fatores da apreensão de bebidas alcoólicas é a falta de documentação com que entrou no país.


“Recomenda-se à população que não adquira produtos que sejam autorizados, cumprindo as formalidades da lei, tanto sanitárias e de importação formal, com o objetivo de evitar a atividade ilícita do contrabando que é um grave prejuízo para a economia nacional”, aponta a Agência Nacional Sanitária Boliviana.

As Forças Armadas da Bolívia identificaram mais de uma dúzia de passos clandestinos que ligam Cobija a populações brasileiras, lugares onde alguns bolivianos em cumplicidade de brasileiros levam variedade de produtos sem garantia sanitária e para fugir dos impostos.

Fonte: Acrenews

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.226 outros assinantes

ÚLTIMAS