20 maio 2022 1:10
20 maio 2022 1:10

Caso Nego Bau: acusado confessa o crime durante interrogatório

Por Redação Ecos da Notícia

Jefson Castro da Silva Fereira, de 39 anos, assumiu durante o interrogatório que foi o autor da tortura contra o morador de rua Nego Bau. O procedimento foi finalizado no início da madrugada desta terça-feira, 12, pelo delegado da 2ª Regional Lucas Pereira. “Ele colaborou com a investigação e disse que cortou o dedo da vítima”, relatou o responsável pela investigação.

Preso na tarde de segunda-feira, 11, por investigadores da Delegacia de Homicídios (DHPP). Jefson Castro já era alvo de investigação da Polícia Civil e a equipe da 2ª regional analisava desde o início do ano o vídeo onde o morador de rua Renan de Souza, o Nego Bau, é torturado.

Com a divulgação das imagens, e a repercussão do caso, Jefson Castro fugiu para Porto Velho. De acordo com a polícia recentemente ele retornou a Rio Branco e acabou preso em uma oficina na Avenida Antônio da Rocha Viana por agentes da DHPP.

Ainda no interrogatório, Jefson Castro assumiu também que foi o responsável por gravar o vídeo da ação criminosa. A sessão de tortura que Nego Bau foi submetido ocorreu em dezembro do ano passado na casa do acusado.

Ao final do inquérito, o autor do crime pode ser indiciado por tortura qualificada, mediante a lesão grave, majorada pelo fato da vítima ter problemas mentais. Se condenado a pena pode chegar a 10 anos de prisão.

Esta é a segunda passagem de Jefson pela polícia. Em 2014 ele foi preso pela acusação de assalto.

Por AcreNews

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.226 outros assinantes

ÚLTIMAS