8 maio 2022 12:29
8 maio 2022 12:29

Casadas do Acre chegam a faturar 10 mil por mês fazendo programas sexuais

Por Redação Ecos da Notícia

Um assunto que sempre gera discussão foi alvo de uma entrevista do portal acreano AC 24 Horas, nela, o videomaker Kennedy Santos, entrevistou algumas garotas de programa da capital Rio Branco para saber sobre as opções delas e sobre o relacionamento marital. A série ouviu 4 garotas de programas, inclusive de casadas.

“Não faço por prazer e sim por necessidade”, disse uma das entrevistadas pelo videomaker Kennedy Santos, que essa semana conversou com garotas de programa de Rio Branco.

Vaidosas, desinibidas e profissionais, elas escolheram garantir a vida seguindo carreira na prostituição, mas revelam que a dificuldade financeira é um dos motivos que fizeram tomar esta decisão.

Mesmo com o olhar crítico da sociedade, Mayla, que tem 24 anos, revela que há muito tempo deixou de se importar com a opinião das pessoas e disse que chega a faturar até R$ 10 mil reais ao mês com seus serviços.

Não ligo nenhum pouco para o que pensam ou falam de mim, o que fazemos não é algo para prejudicar ninguém” explicou a acompanhante que a 3 anos mora no Acre.

A reportagem contou com o depoimento de 4 garotas de programa e da especialista em Relacionamentos e Sexualidade, Preta Costa, que tem um canal no YouTube com vídeos abordando o assunto relacionado.

Por Marcus Pessoa

Por No Amazonas é Assim

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.131 outros assinantes

ÚLTIMAS