23 maio 2022 10:45
23 maio 2022 10:45

Brigadeiros explicam que os 30 mil comprimidos de VIAGRA comprados não são para “apimentar a relação”

Por Redação Ecos da Notícia

Depois de várias notícias publicadas sobre a compra de 30 mil comprimidos de VIAGRA, feita pelas Forças Armadas. O Alto Comando da Aeronáutica informou que os medicamentos são para uso medicinal e não para apimentar a relação dos oficiais generais, como dizem mensagens maldosas nas redes sociais de militares.

Segundo a apuração do deputado Elias Vaz, 28.320 comprimidos do remédio são para a Marinha, 5 mil comprimidos foram para Exército e outros 2 mil para Aeronáutica..

“esses velha guarda, tudo com mais de 65 anos, tão querendo é apimentar a relação”, diz um militar nas redes sociais.

A FAB informou hoje que o medicamento, conhecido como ‘AZULZINHO” é usado para controlar a hipertensão arterial pulmonar e em pacientes com esclerose sistêmica.

A força disse ainda o tratamento de disfunção erétil “não se encontra priorizada nesse tipo de aquisição”.

“Entre os usos atualmente aprovados da sildenafila estão principalmente o tratamento para hipertensão arterial pulmonar e para melhor controle do fenômeno de Raynaud numa doença grave denominada esclerose sistêmica, o que endossa e motiva a aquisição para utilização do aludido medicamento especialmente no âmbito hospitalar. A utilização para o tratamento da disfunção erétil não se encontra priorizada nesse tipo de aquisição”

“Entre os usos atualmente aprovados da sildenafila estão principalmente o tratamento para hipertensão arterial pulmonar e para melhor controle do fenômeno de Raynaud numa doença grave denominada esclerose sistêmica, o que endossa e motiva a aquisição para utilização do aludido medicamento especialmente no âmbito hospitalar. A utilização para o tratamento da disfunção erétil não se encontra priorizada nesse tipo de aquisição”

Por Revista Sociedade Militar

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.225 outros assinantes

ÚLTIMAS