23 maio 2022 6:05
23 maio 2022 6:05

Assessor da Fecomércio/AC convida empresariado a participar da 1ª Feira do Emprego Jovem Aprendiz

Por Assessoria

 

O assessor da presidência da Fecomércio/AC, Egídio Garó, convida os empresários a integrarem a 1ª Feira do Emprego Jovem Aprendiz, idealizada pelo Conselho Tutelar de Rio Branco e que tem, como parceiros, o Sistema Fecomércio/AC, a Estácio Unimeta, o Ciee, a SEET e o Governo do Estado. Para participar, o empresário deve fazer a inscrição da empresa por meio do formulário de inscrição bit.ly/3qNLoHq

 

O evento ocorre no próximo sábado, 9, das 8 horas às 17 horas, na Estácio Unimeta, localizada na Estrada Alberto Tôrres, 947, no Bairro da Paz. O jovem que desejar participar deve ter entre 14 e 24 anos e não precisa ter carteira assinada.

 

Garó reforça a importância de o empresariado local participar da feira. “Assim, estamos dando mais oportunidades a quem está ingressando no mercado de trabalho. Sabemos que a conquista deste primeiro emprego é mais difícil, portanto, queremos ajudar a mudar a realidade de muitos jovens”, afirma.

 

De acordo com um dos organizadores da Feira, o conselheiro tutelar de Rio Branco Ari Oliveira, houve sempre por parte dele a vontade de fazer algo pela capital acreana. Professor formado, Ari trabalha na educação há alguns anos, e reafirma que começou a ver diferente os adolescentes que moram na periferia e os que moram no centro da cidade, por exemplo.

 

“Isso me deu vontade de fazer algo pela minha cidade. Em 2020, assumi como conselheiro tutelar e notei o esquecimento do adolescente em Rio Branco. O jovem, infelizmente, só é valorizado em épocas de campanha. Foi quando notei que precisamos gerar oportunidade para que esse adolescente procure um emprego”, disse Oliveira.

Foto: Assessoria

Como vai funcionar?

 

Após a abertura, às 8 horas da manhã, o candidato tem de realizar ao menos três palestras que ocorrem no momento da feira, cada uma com o tempo de 15 minutos. “O principal objetivo dessas palestras é enriquecer o adolescente no sentido de como ele deve falar, deve se portar nas entrevistas”, reforça Oliveira.

 

Por pensar nas condições financeiras dos candidatos, a Feira vai disponibilizar uma sala para impressão dos currículos. “Vamos ter uma sala, um laboratório de informática, com alguém ensinando como fazer um currículo e imprimindo a quantidade que o candidato quiser. Depois disso, ele [o candidato] vai caminhar pela Trilha de Oportunidade, entregando de sala em sala o seu currículo”, finaliza.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.224 outros assinantes

ÚLTIMAS