25 maio 2022 11:14
25 maio 2022 11:14

Após protesto de mototaxistas, fiscalização contra transporte clandestino deve ser reforçada em Rio Branco

RBTrans se reuniu com mototaxistas e representantes da Segurança Pública na tarde desta terça-feira (26) e prometeu reforçar ações de fiscalização.

Por G1 Ac

Após protesto durante a manhã desta terça-feira (26), os mototaxistas se reuniram com a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Rbtrans) e representantes da Secretaria de Justiça e Segurança Pública do Acre (Sejusp) na prefeitura. À categoria foi prometido que haverá mais fiscalização para combater o transporte clandestino na capital acreana.

Um grupo de mototaxistas protestou em frente à prefeitura pedindo providências da gestão municipal quanto ao transporte ilegal de passageiros. Um trecho da Rua Rui Barbosa foi fechado durante o ato.

“Ficou acordado que a Secretaria de Segurança com o comando geral da Polícia Militar, Polícia Civil e a RBTrans vão fechar uma parceria para o combate ao transporte clandestino. Vão ser os três atuando em conjunto. Falaram o que a gente queria ouvir, agora esperamos que funcione na prática. Mas, ficamos muito otimistas”, destacou o presidente do Sindicato dos Mototaxistas (Sindmoto), Eriberto Gomes.

Ainda segundo o presidente, os órgãos de fiscalização estão montando um plano de combate ao transporte ilegal de passageiros. “O transporte ilegal inclui todos que não são legalizados pela prefeitura, táxi clandestino, lotação, aplicativos e outros que não têm amparo legal pela lei”, destacou.

Sejusp, RBTrans e Sindmoto se reuniram na tarde desta terça (26) após protestos  — Foto: Arquivo/RBTrans

Sejusp, RBTrans e Sindmoto se reuniram na tarde desta terça (26) após protestos — Foto: Arquivo/RBTrans

Reunião

A reunião contou com a presença do secretário de Segurança Pública, coronel Paulo Cézar, delegada Márdhia Pinheiro El Shawwa, secretário da Casa Civil, Valtim José, secretário de Articulação Política, Helder Paiva, diretor de Transportes da RBTrans, Clendes Vilas Boas, deputado José Bestene, vereador Samir Bestene, coronel Ezequiel Bino, presidente do Sindmoto, Eriberto Gomes, e presidente da Associação Unimoto, Cleildo Patrício.

O diretor de Transportes da RBTrans, Clendes Vilas Boas, destacou que a fiscalização a esse tipo de transporte é uma necessidade que envolve a segurança pública. Ele falou que está sendo elaborado um termo de cooperação para combater os crimes de trânsito e transporte.

“Essa minuta está sendo elaborada, vai passar pela PGM [Procuradoria Geral do Município] e depois vai para a Secretaria de Segurança Pública para avaliação do secretário e demais órgãos para ser assinado junto com a RBTrans. Porém, as operações já começam”, afirmou.

Vilas Boas garantiu ainda que as blitzen e operações de fiscalização vão iniciar em breve.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.262 outros assinantes

ÚLTIMAS