16 maio 2022 6:24
16 maio 2022 6:24

Após horas de espera, pai invade necrotério e pega corpo de filho recém-nascido

Testemunhas contaram que a mulher, desesperada, gritava e chorava agarrada ao corpinho do recém-nascido

Por Redação Ecos da Notícia

Itacoatiara (AM) – Em um ato de desespero, o pai do recém-nascido Hayzon Gustavo Castro Marques, de quatro dias de vida, retirou o corpo do bebê do necrotério do Hospital Municipal José Mendes, em Itacoatiara, na noite de terça-feira (12).

O pai tomou a decisão de retirar o filho do necrotério após mais de 16 horas de espera para liberação do corpo, que ainda seria conduzido para o Instituto Médico Legal (IML), em Manaus, para investigação da causa da morte.

O homem ficou carregando o corpo do filho por cerca de 20 minutos, quando um vereador do município chegou ao local e convenceu o pai, juntamente com funcionários do hospital, a devolver o recém-nascido ao necrotério.

Após a devolução, o hospital liberou o corpo e uma funerária realizou o translado do bebê até Manaus, para investigação da causa da morte, que está como morte súbita sem assistência médica, no relatório do IML.

O caso

O pequeno foi encontrado morto pela mãe nas primeiras horas de terça-feira, na rua Rio Arari, no bairro Mamoud Amed.

Vizinhos relataram a uma reportagem local que a mãe encontrou o filho morto ao acordar e, ao perceber que o bebê não estava vivo, entrou em estado de negação e não aceitava que tocassem na criança. As testemunhas contaram que a mulher, desesperada, gritava e chorava agarrada ao corpinho do recém-nascido.

A mãe teria percebido uma secreção de sangue saindo do nariz do bebê, mas não há confirmação de que possa ter relação com a causa da morte. No relatório do IML, que removeu o corpo, a causa da morte está como morte súbita sem assistência médica.

Ao encontrarem o bebê morto, os pais da criança tiveram que fazer os procedimentos cabíveis e acionaram a Polícia Civil e o IML.

Fonte: Portal em Tempo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.199 outros assinantes

ÚLTIMAS