24 maio 2022 6:55
24 maio 2022 6:55

Apontado como liderança de organização criminosa é transferido de São Paulo para o Acre

Por Redação Ecos da Notícia

Do centro de detenção provisória de Lavínia, em São Paulo, Marcos da Cunha Lindoso foi encaminhado para o presídio de Segurança Máxima Antônio Amaro Alves, no Acre. A transferência atende um pedido feito pelo advogado Romano Gouveia. “A lei determina que o detento cumpra penal perto da família”, disse o criminalista.

Apontado como uma das principais lideranças de uma organização criminosa, Marcos Lindoso estava na prisão paulista há mais de três anos. Em dezembro de 2018, Dragão, como é conhecido, foi preso durante uma operação da Polícia Civil em uma casa de luxo localizada na Zona Sul da Capital Paulista.

Na ação, os policias encontraram celulares, documentos falsos e 50 tubos de dinamite suficientes para explodir um quarteirão inteiro. Na época o foragido utilizava um carro blindado para circular com segurança por São Paulo.

Marcos da Cunha Lindoso, cumpria pena no sistema prisional do Acre, mas no dia 4 de maio de 2016 foi resgatado por criminosos quando participava como expositor de uma feira no Mercado Velho. O preso estava sob escolta de agentes penitenciários, que foram rendidos por criminosos.

No ano passado o preso foi condenado a 13 anos de prisão por integrar organização criminosa.

Fonte: Acrenews

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.224 outros assinantes

ÚLTIMAS