28 maio 2022 10:31
28 maio 2022 10:31

Apoiadores de Lula e Bolsonaro farão atos em São Paulo domingo, 1º de maio

Eles vão se concentrar a menos de três quilômetros de distância, na mais populosa cidade do país, mas, enquanto a presença de Lula é dada como certa, Bolsonaro sequer tem convocado a militância

Por Portal O Tempo

São Paulo estará dividida no domingo, 1º de maio, entre os apoiadores daqueles que devem ser protagonistas das eleições deste ano. Apoiadores dos pré-candidatos Jair Bolsonaro (PL) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) organizam eventos em apoio aos dois no Dia do Trabalho. Eles vão se concentrar a menos de três quilômetros de distância, na mais populosa cidade do país.

Os bolsonaristas estarão na Avenida Paulista, a mais famosa da metrópole, onde carros de som devem animar o público e ficar à disposição para discursos das lideranças. Já os petistas estarão na Praça Charles Miller, em frente ao estádio do Pacaembu, onde movimentos sociais, centrais sindicais e artistas participarão de um ato em defesa dos direitos trabalhistas.

O presidente Bolsonaro ainda não confirmou presença no ato da Paulista. Diferentemente do que fez em outras ocasiões, também não tem convocando a militância por meio das suas redes sociais Seus filhos também mantêm silêncio sobre as manifestações, que estão sendo organizadas por apoiadores do pai para acontecer em outras cidades do país.

A manifestação bolsonarista em São Paulo está marcada para começar às 14h, em frente ao Masp. Ela é convocada principalmente pelo movimento Nas Ruas, por meio das redes sociais e em grupos de WhatsApp. Entre os parlamentares da base de apoio do presidente, a deputada federal Carla Zambelli (PL-SP), pré-candidata à reeleição, é a principal entusiasta.

Já a presença do ex-presidente Lula na Praça Charles Miller é dada como certa. Com isso, os organizadores querem transformar o ato do Dia do Trabalho em ato político, com tom de campanha. A Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Força Sindical, a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) estão à frente da organização.

Com o lema “Emprego, Direitos, Democracia e Vida”, o evento está marcado para começar às 10h. Além dos discursos de sindicalistas e de políticos, como Lula, haverá shows de cantores nacionais, como a ícone da axé-music Daniela Mercury, a sambista Leci Brandão e nomes do rap e do hip-hop, a exemplo de Francisco el Hombre, Dexter e KL Jay.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.278 outros assinantes

ÚLTIMAS