7 maio 2022 10:48
7 maio 2022 10:48

Ainda tem uma nota de R$ 10 de plástico? Saiba quanto ela está valendo hoje

Saiba quanto está valendo a nota antiga de R$ 10.

Por Redação Ecos da Notícia

Um dos nossos principais objetivos é fornecer algumas informações básicas para qualquer leitor que não seja tão versado na história. Essa nota foi emitida muito antes de algumas pessoas nascerem, no ano de 2000. O lançamento foi para relembrar os 500 anos da chegada de Pedro Álvares Cabral ao Brasil.

A nota era muito atraente com cores de vermelho, azul e laranja. Mostrava um desenho de Pedro Álvares Cabral e um antigo mapa do Brasil com caravelas. Isso explica por que apenas 125 milhões de notas foram emitidas pelo Banco Central. Em outras palavras, essas notas são exclusivas.

Além disso, pouco depois de serem colocadas em circulação, as notas começaram a perder a tinta e pareciam estar completamente desgastadas em pouco tempo, até porque não houve reposição.

Isso provavelmente contribuiu para que as antigas notas de R$ 10 tenham sido extintas. Elas eram limitadas e deram uma virada totalmente inesperada.

A cédula era de plástico?

É importante notar que a nota de R$ 10 ainda é feita de plástico. É um tipo muito específico de polímero que, em conjunto, torna o material semelhante ao plástico.

Quanto tempo as notas de plástico ficaram em circulação?

Por serem reconhecidas como valiosas e estarem fora de circulação há cerca de duas décadas, muitos colecionadores procuram adicionar notas de polímero como essas às suas coleções.

Segundo especialistas, o Banco Central tirou de circulação as cédulas de plástico em outubro de 2006. Ou seja, as notas circularam por cerca de seis anos em todas as regiões do país antes de começarem a ser extintas.

Quanto vale a nota de plástico de R$ 10?

Quanto valem essas notas de plástico atualmente? Embora seja verdade que a nova nota de R$ 10 seja considerada a mais rara, você também descobrirá que as notas de R$ 1 também são valorizadas.

Em 2000, o projeto colocou em circulação cerca de 250 milhões de cédulas, que foram aos poucos sendo recolhidas pelo Banco Central ou se desgastando.

Hoje, uma nota de R$ 10 de plástico vale entre R$ 130 e R$ 150, mas especialistas dizem que pode subir no futuro. Vale mais do que seu valor de face hoje por esse motivo.

As notas de R$ 10 em plástico estão se tornando verdadeiras raridades. Se você ainda tem um exemplar em sua carteira ou em algum lugar, conserve essa nota por mais tempo. Em alguns anos ela pode chegar a valer mais de R$ 1 mil cada unidade.

Fonte: Edital Concursos Brasil

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.131 outros assinantes

ÚLTIMAS