17 maio 2022 9:51
17 maio 2022 9:51

Adolescente indígena morre após ser estuprada por garimpeiros, diz líder Yanomami

Por Yahoo

Uma adolescente indígena de 12 anos de idade morreu após ser estuprada por garimpeiros na região do Waikás, em Roraima, disse presidente do Condisi-YY (Conselho Distrital de Saúde Indígena Yanomami e Ye’kwana), Júnior Hekurari Yanomami.

Ao portal UOL, o líder indígena também falou que uma criança de aproximadamente quatro anos de idade também está desaparecida.

“Os garimpeiros invadiram a comunidade do Arakaça, onde vivem mais ou menos 30 yanomamis. Tinha uma mulher mais velha com a adolescente e uma criança. Os garimpeiros invadiram e raptaram eles. A adolescente foi violentada até a morte. A tia tentou proteger ela e a criança, mas os garimpeiros jogaram a criança no rio. Ela está desaparecida. Não sabemos ainda se essa tia também foi violentada”, relatou Júnior Hekurari Yanomami.

O crime, disse o líder, aconteceu em um barco. Ele contou que está tentando chegar ao local, mas, por conta das chuvas, o meio de locomoção está prejudicado. Só é possível chegar de forma aérea.

Ainda de acordo com o portal UOL, Júnior Hekurari Yanomami comunicou o caso em ofício à Funai (Fundação Nacional do Índio) e à Polícia Federal (PF).

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.200 outros assinantes

ÚLTIMAS