27 maio 2022 5:46
27 maio 2022 5:46

Acusados do caso Jonhliane vão a júri popular em maio

Por Dry Alves com informações Tjac

Os acusados pela morte de Jonhliane de Souza, no dia 6 de agosto de 2020, quando ela seguia, às 6h, para o trabalho, na Avenida Antônio da Rocha Viana, Ícaro José da Silva Pinto e Alan Araújo de Lima irão a júri popular nos próximos dias 17 e 18 de maio e serão julgados pelo Conselho de Sentenças da 2a Vara do Tribunal de Júri e Auditoria Militar da Comarca de Rio Branco.

A decisão dos acusados irem ao banco dos réus, foi assinada, na manhã desta quarta-feira, 27, pelo juiz Alesson Braz, já que para ele a acusação já possui o mínimo de provas para comprovar a autoria do crime praticado pela dupla e levá-los a julgamento.

Ícaro será julgado pelo homicídio doloso, omissão de socorro e embriaguez ao volante. Já Alan, pela morte da jovem.

Os crimes do Art.132 do CP (perigo para a vida ou saúde de outrem) e do Art.308 do CTB (participar, na direção de veículo automotor, em via pública, de corrida, disputa ou competição automobilística) foram excluídos da apreciação dos jurados.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.276 outros assinantes

ÚLTIMAS