23 maio 2022 5:44
23 maio 2022 5:44

Acusado de matar homem em via pública é condenado seis anos após o crime no Acre

Élio Veríssimo da Silva deve cumprir pena de mais de 19 anos em regime fechado. Crime ocorreu em maio de 2016.

Por Redação Ecos da Notícia

Élio Veríssimo da Silva, de 34 anos, foi condenado a 19 anos e 3 meses de prisão, em regime inicial fechado, por homicídio qualificado contra o preso do semiaberto Leandro Brito de Prado, que foi morto em maio de 2016 a tiros em Rio Branco.

O crime aconteceu no dia 1 de maio de 2016 no bairro Triângulo Novo, próximo à ponte do Taquari na capital. Segundo informações da polícia, a vítima, que era presidiário do semiaberto, estava caminhando pela rua quando foi alvejado pelos tiros. Pelo menos dois atingiram ele.

A sentença, de 19 anos e 3 meses, só foi publicada no Diário da Justiça dessa segunda-feira (25).

O juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditoria Militar da Comarca de Rio Branco, considerou, além da qualificadora reconhecida pelos jurados, também as “circunstâncias desfavoráveis” – delito cometido à luz do dia em via pública – e as “consequências graves” do crime, “uma vez que a vítima tinha apenas 30 anos”.

Fonte: G1ACRE

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.224 outros assinantes

ÚLTIMAS