24 maio 2022 2:09
24 maio 2022 2:09

Acreanas são selecionadas para o programa Jovem Embaixador 2022

Por Dry Alves, da Redação Ecos da Notícia

As jovens Asheley Brito Marques e Patrícia Nascimento da Silva, ambas 18 anos, foram as acreanas selecionadas para o programa Jovem Embaixador 2022. O intercâmbio está previsto para ocorrer, em julho, nos Estados Unidos da América (EUA).

Esta é a primeira vez que o Acre contará com duas representantes. Ao todo, foram selecionados 50 participantes de todas as partes do Brasil para participar do programa que tem como alvo jovens que promovam ação social. 690 estudantes brasileiros já foram beneficiados desde o início da edição, em 2003.

Entre os critérios para se inscrever estão: ter nacionalidade brasileira, está entre os 15 e 18 anos de idade, ser aluno do ensino médio da rede pública, possuir boa fluência oral e escrita em inglês, nunca ter viajado aos EUA, pertencer à camada socioeconômica menos favorecida, além de ter bom desempenho escolar.

Asheley e Patrícia se encaixavam em todos os quesitos exigidos e, após todo o processo de seleção, foram escolhidas para participarem da edição 2022.

Foto: cedida

Asheley contou à nossa reportagem que sempre estudou em escola pública, onde sempre teve apoio e um ensino de qualidade que proporcionou que este sonho se tornasse realidade. Mas claro, que nem tudo foi da noite para o dia. A jovem já vinha desenvolvendo um projeto pelas redes sociais chamado “Studygram”, onde ela passa dicas de estudos e oferta material para estudantes do ensino fundamental e médio, e, também, vestibulandos. Em suas redes, ela interage para um público de mais de 50 mil seguidores no Instagram e 60 mil no Tiktok.

“Os meus pais sempre me deram apoio para todas as coisas que eu sonho e conquisto. Comecei a fazer curso de inglês no Centro de Estudo de Línguas(CEL), em 2016, quando estava no 7° ano do fundamental, e sempre foi incentivo dos meus pais. Sou muito grata pelo caminho em que eles me conduziram, tudo isso é consequência de bons conselhos e muita motivação por parte deles”, diz a jovem que sonha em fazer faculdade na área da saúde como medicina ou enfermagem.

Foto: cedida

Patrícia também contou com o apoio incondicional da sua mãe, que não mediu esforços para incentivar a garota em seus sonhos e isso se alinhou com o emprenho da filha que sempre buscou oferecer seu melhor em tudo que fazia.

“Sempre estudei em escola pública, posso dizer que não interferiu no meu aprendizado. Eu mesma gostava de revisar as matérias e tirava notas acima da média, gosto muito de ter dedicado meu tempo aos estudos, pois por ele estou onde estou. Atualmente, minha mãe é desempregada, eu também não trabalho, e por conta da nossa condição financeira eu não tive muitas oportunidades de conhecer algo melhor para o meu desenvolvimento escolar, não era viável pagar um curso particular. Recorria aos métodos de estudos gratuitos e por um deles que eu dedico minha gratidão, pois fez parte de todo esse maravilhoso processo, me refiro ao CEL ele é voltado para comunidade e estudantes de escola pública, totalmente gratuito. O ensino é impecável e foi de grande ajuda nos processos que eu estava passando para conseguir essa oportunidade. Todo o suporte foi de grande relevância, e que me ajudaram a estar onde eu cheguei”, destaca a estudante, que também almeja cursar medicina. “Desejo desde criança e sempre estou correndo atrás para conseguir, claro que com muito estudo e determinação, chego lá. Ajudar, para mim, é o que o mundo está precisando no momento”, diz.

A fala de Patrícia casa com sua iniciativa de projeto que é o Grupo Social pela Vida, onde ela promove eventos sociais, por meios de doações, trabalho voluntário e ações comunitárias à comunidades carentes, desenvolvendo assim abrigo, inclusão e lazer.

As jovens acreanas são exemplos de força e determinação. Mostram que os estudos é o que pode levar a realizar sonhos e ser uma pessoa melhor.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.224 outros assinantes

ÚLTIMAS