24 maio 2022 1:28
24 maio 2022 1:28

Sikêra Jr. perde processo contra apresentadora famosa; indenização é de R$300 mil

A decisão foi dada em primeira instância e ainda cabe recurso.

Por Redação Ecos da Notícia

Sikêra Jr. e a Rede TV! foram condenados a indenizar a apresentadora Xuxa Meneghel em R$ 300 mil por danos morais. A informação é do site Notícias da TV, desta sexta-feira, 25 de março. De acordo com a publicação, a juíza Ana Cristina Ribeiro Bonchristiano, da 3º Vara Cível de Osasco (SP), julgou procedente o pedido da rainha dos baixinhos. A decisão foi dada em primeira instância e ainda cabe recurso.

Segundo informações, a juíza criticou a existência de programas como o de Sikêra Jr.”Destacam-se, ainda, as críticas a esse tipo de jornalismo, de desprestígio à pessoa em detrimento da análise argumentativa de suas ideias, em programas muito mais de entretenimento do que informativo, camuflando-se ofensas desmedidas na narrativa jocosa”.

“Os apresentadores desses programas, com a bênção e o incentivo de suas empresas, como a ora corré, tudo fazem, sem o menor critério, inclusive levar ao ar ameaças de morte contra pessoas públicas, honestas e trabalhadoras, achincalham a vida privada e a família dessas pessoas, apenas para alavancar a audiência de seus programas televisivos, e, em decorrência, o faturamento, não só da empresa como o próprio”, prosseguiu a juíza.

ENTENDA O CASO

A polêmica começou em 2020, depois que Xuxa compartilhou um vídeo que Sikêra exibiu no programa “Alerta Nacional”, no qual aparecia um homem estuprando uma égua. Na ocasião, o apresentador fez graça com a situação chamando duas pessoas de sua equipe para reproduzir a cena ao vivo.

Xuxa se manifestou em um coluna na revista Vogue. “Me assusta a maldade e a ignorância das pessoas. Vendo o Instagram da @luisamell, ativista que luta para que os animais não sofram maus tratos, me deparei com uma imagem grotesca. Perdoem se não coloco o nome do ‘apresentador’, é que realmente eu não sei seu nome, apenas que trabalha na Rede TV. Parece que ele quer ser bastante popular e caricato, uma mistura de palhaço e repórter com uma postura bem forçada, desengonçada e tosca (se não for forçada me perdoem). Na imagem que eu vi ele estava rindo, debochando de um crime, zoofilia”, disse.

Por Portal Tucumã

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.225 outros assinantes

ÚLTIMAS