23 maio 2022 10:56
23 maio 2022 10:56

Quase 2 toneladas de lixo são retiradas do Juruá em apenas 1 mês

Neste mês de março, apenas na área central de Cruzeiro do Sul, quase 2 toneladas de acúmulo de lixo foram retiradas do Juruá.

Por Juruá Online

Durante o período de cheia, o volume de lixo nas encostas do Juruá cresce consideravelmente. Além dos resíduos sólidos que são arrastados dos locais alagados, o Igarapé Boulevard, que corta a região central, também contribui para essa situação.

Os entulhos — descartados de forma errada pelos comércios próximos — se unem, formando uma camada de diversos objetos.

Neste mês de março, apenas na área central de Cruzeiro do Sul, quase 2 toneladas de acúmulo de lixo foram retiradas do Juruá. Na primeira semana foram 500 quilos.

Duas vezes por semana, a equipe de limpeza esteve presente, executando as ações de limpeza. A ideia é auxiliar a população e comerciantes, de forma pedagógica, a importância de manter o rio Juruá limpo.

A equipe de Educação Ambiental esteve presente em 166 comércios na zona urbana central, levando a importância da segregação material e sua destinação adequada.

“Hoje temos uma cooperativa com 26 cooperados que vivem exclusivamente do material reciclado. Com o resultado dessas ações, 2 toneladas de lixo foram coletadas. E todo esse material coletado tem um diferencial, pois é reciclado e levado para a cooperativa”, ressaltou Igor Neves, secretário municipal do Meio Ambiente.

Diversas famílias do Vale do Juruá utilizam a água do manancial para trabalhos domésticos, higiênicos e consumo sem qualquer tipo de tratamento. Principalmente pessoas que residem na parte baixa da região, o que representa perigo aos moradores, que ficam expostos a diversas doenças.

A população também pode se tornar fiscalizadora para que o Juruá — cartão postal de Cruzeiro do Sul — não se torne um rio de lixo. Ao passar pela Ponte da União e ver algum funcionário, ou até mesmo um(a) proprietário(a) de estabelecimento, jogando lixo no rio, os cidadãos podem registrar, através de vídeo ou foto, e formalizar uma denúncia à Secretaria de Meio Ambiente.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.225 outros assinantes

ÚLTIMAS