22 maio 2022 3:07
22 maio 2022 3:07

Ministério do Meio Ambiente e Pnud lançam edital para selecionar ideias de projetos locais

Por Redação Ecos da Notícia

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) lançam edital para que povos e comunidades tradicionais ou indígenas que residem na Amazônia Legal apresentem ideias de projetos para fortalecer a gestão ambiental de territórios coletivos até o dia 26 de maio.

Fruto de recursos recebidos pelo Brasil do Fundo Verde para o Clima (GCF), o edital faz parte da implementação do Projeto Floresta+ Comunidades, que se propõe a recompensar quem protege e recupera a floresta e contribui para a redução de emissões de gases de efeito estufa.

A ideia é que os projetos devem ser elaborados envolvendo toda a comunidade, homens, mulheres, jovens e anciãos. Os eixos temáticos são: conservação ambiental; recuperação de áreas degradadas, produção agroecológica, fortalecimento das cadeias de produtos da bioeconomia amazônica; e vigilância e proteção territorial.

O Pnud receberá as propostas por e-mail, correio ou postos locais do Projeto Floresta+ Amazônia. Após o prazo, um comitê organizado pelo projeto vai avaliar e selecionar os temas apresentados. As ideias selecionadas devem se associar a uma organização parceira para implementação do projeto. É necessário ainda que essa instituição parceira participe do processo de cadastramento junto ao Pnud, que será publicado no dia 5 de abril, por meio do site:  JOF (un.org.br).

Para mais informações, acesse o edital clicando aqui.

Floresta+ Amazônia

O Projeto Floresta+ Amazônia recompensa quem protege e recupera a floresta e contribui para a redução de emissões de gases de efeito estufa. Com o foco na estratégia de pagamentos por serviços ambientais, até 2026 a iniciativa reconhecerá o trabalho de pequenos produtores rurais, apoiará projetos de povos indígenas e de comunidades tradicionais, além de fomentar ações de inovação com foco no desenvolvimento sustentável na Amazônia Legal. O projeto funciona por meio de quatro modalidades: Floresta+ Conservação; Floresta+ Recuperação; Floresta+ Comunidades; Floresta+ Inovação.

Com informações, Ministério do Meio Ambiente e Projeto Floresta+ Amazônia

Fonte: Agência Acre

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.232 outros assinantes

ÚLTIMAS