17 maio 2022 8:47
17 maio 2022 8:47

Greve na saúde: Servidores não aceitarão reposição de 5%; “É ridículo”, diz presidente do Sindmed-AC

Por Dry Alves, da Redação Ecos da Notícia

Os protestos dos servidores da saúde continuam e, na manhã de hoje, 22, a categoria se mobilizou na frente da Assembleia Legislativa (Aleac) para que os deputados aprovem o auxílio alimentação e saúde, que é uma das pautas de reivindicações.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed-AC), Guilherme Pulici, a categoria ainda vai lutar pela reposição das perdas inflacionárias ou, também chamado reajuste linear. Além de concurso público que é um ponto que já foi acordado, mas não foi atendido pelo governo.

“o reajuste linear pelas nossas contas chegaria em mais ou menos 15% nos últimos dois anos. Na verdade, nos dois primeiros anos de governo, a gente nem considera o último ano. É 15% e eles propuseram 5%, está muito aquém. Nós temos mais de 25% de inflação, desde o início do governo Gladson, e eles estão querendo repor 5%? Isso é ridículo e nós não vamos aceitar. O movimento vai continuar do mesmo jeito, estaremos de braços cruzados em todas as unidades de saúde do Estado cumprindo, claro, o mínimo determinado por lei”, diz.

Pulici pontua, ainda, que os atendimentos de urgência e emergência, os casos de covid, unidades de terapia intensiva e enfermarias continuarão.  Porém, onde por atendimento eletivo, ambulatorial e cirurgias eletivas está suspenso.

O presidente conta ainda que não obtiveram nenhuma resposta relacionado a questão do reajuste linear, o que se tem é um acordo firmado por ambas as partes da comissão de saúde pelo governo.

“Agora eles (governo) recuaram dizendo que estão com comprometimento da folha salarial da Lei de Responsabilidade Fiscal, mas de acordo com o nosso jurídico isso não tem fundamento. O reajuste linear tem previsão constitucional e não precisa respeitar LRF, é mera reposição do que a inflação corroeu”, finalizou.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.197 outros assinantes

ÚLTIMAS