22 maio 2022 5:23
22 maio 2022 5:23

Governo decreta estado de emergência devido às cheia dos rios em seis municípios acreanos

Por Redação Ecos da Notícia

Com previsão de chuvas para acontecer nos próximos dias, o governo do Acre decretou estado de emergência para seis municípios acreanos atingidos pelas cheias dos rios. As cidades são Jordão, Cruzeiro do Sul, Tarauacá, Feijó, Sena Madureira e Santa Rosa do Purus.

O decreto foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), na edição desta sexta-feira, 25, e tem validade de 90 dias, podendo ser prorrogado em caso de necessidade.

O último relatório divulgado pela Defesa Civil na manhã desta sexta-feira, 25, revela que, dos seis municípios em estado de emergência, três estão acima da cota de transbordamento, sendo eles Sena Madureira, Feijó e Cruzeiro do Sul.

“Em virtude das previsões e históricos de inundações, o governo decidiu decretar estado de emergência nesses seis municípios. O objetivo é prestar assistências as famílias atingidas de forma mais célere e efetiva. Tanto a Defesa Civil como o Corpo de Bombeiros estão em alerta monitorando, acompanhando e dando suporte às prefeituras no que for necessário”, explicou Carlos Batista, comandante geral do Corpo de Bombeiros do Acre.

Sena Madureira

Com a cota de transbordamento de 15,20 metros, o Rio Iaco, em Sena Madureira chegou à marca de 15, 79 metros na medição das 17h desta sexta-feira, 25. Quarenta e quatro famílias estão em abrigos e outras vinte e três alojadas na casa de parentes. A prefeitura também decretou situação de emergência e um total de oito bairros já foram atingidos pela enchente.

Cruzeiro do Sul

O Rio Juruá, no município de Cruzeiro do Sul, marcou 13, 66 metros nesta sexta-feira, 25, três centímetros acima da cota de transbordamento que é de 13,63. Vinte e oito mil famílias seguem afetadas pela cheia, sendo 500 delas enviadas para a casa de parentes e outras 480 enviadas para abrigos públicos montados pela cidade.

Feijó

O nível do Rio Envira, na cidade de Feijó, apresentou vazante saindo da marca de 13,31 metros na quinta-feira, 24, para 12,14 metros nesta sexta-feira, 25, 14 centímetros acima da cota de transbordamento que é de 12 metros. Conforme a Defesa Civil, 77 pessoas estão desalojadas e outras 16 foram levadas para abrigos públicos. Seis bairros foram alcançados pelas águas, totalizando 320 famílias atingidas pela enchente no município.

Tarauacá

O Rio Tarauacá, na cidade de Tarauacá, também apresentou vazante nesta sexta-feira, 25, baixando quase 2 metros nas últimas 24 horas. A prefeitura foi mais uma a decretar estado de emergência e suspendeu as aulas da rede pública de ensino da cidade, afetando um total de 7 mil alunos.

Santa Rosa do Purus e Jordão

Nesses dois municípios a Defesa Civil tem registrado vazante nas última horas. Em Santa Rosa, o Rio Purus tem baixado três centímetros a cada seis horas, fixando a marca de 6,16 metros na última medição desta sexta-feira, 25. Já na cidade de Jordão, apesar de não ter havido confirmação de leitura do rio nesta sexta, a Defesa Civil Estadual informou que segue em vazante.

Rio Branco

Apesar de não estar entre os municípios onde foram decretados estado de emergência, o Rio Acre, em Rio Branco, marcou 11 centímetros acima da cota de transbordamento que é de 14 metros nesta sexta-feira, 25. Até o momento, 11 famílias foram desabrigadas e estão alojadas em abrigo público.

Fonte: Agência Acre

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.230 outros assinantes

ÚLTIMAS