8 agosto 2022 2:21
8 agosto 2022 2:21

REDUÇÃO: Dados sobre casos de Covid- 19 mostram eficácia da vacina na redução de internações

Por Dry Alves, da Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Dados da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) apontam que, apesar do número de casos confirmados ser bem maior nesta terceira onda de Covid-19, a quantidade de internados é significativamente menor.

No primeira onda, registrada entre os dias 14 a 21 de julho de 2020, o número de casos confirmados eram praticamente o mesmo de internações, como pode ser visto no gráfico abaixo:

Fonte: Sesacre

Já na segunda onda, registrada entre os dias 17 a 24 de março de 2021, o número de internações variaram entre 439 a 470 internados. Na mesma época, o número de casos confirmados variavam entre 171 a 644.

Fonte: Sesacre

Com a campanha de vacinação contra a Covid-19, iniciada no Acre em janeiro de 2021, onde 493.402 pessoas já foram imunizadas, atualmente, o gráfico mostra que nesta terceira onda, apesar do número de casos confirmados serem maior, as internações tiveram uma redução considerável.

Fonte: Sesacre

Em 3 de fevereiro deste ano, o estado confirmou 2148 casos, no mesmo dia o número de internações era 90, uma porcentagem mais de 500% menor quando comparado a segunda onda, que marcou 470 casos de internações no seu pico mais alto, em 17 de março de 2021.

Outro gráfico aponta também que o número de óbitos por Covid-19 teve uma redução durante as três ondas da pandemia no Estado. Veja o gráfico:

Fonte: Sesacre

De acordo com a Secretária de Saúde, Paula Mariano, o que se pode observar no cenário estadual em relação as internações pela Covid-19 é que, apesar do grande quantitativo do número de casos positivos, o número de internação é menor em relação ao início da pandemia, em 2020, e no ano passado.

A gente tem visto a maior internação, esse ano, aos pacientes não vacinados. Infelizmente, estamos vendo que quem não completou o ciclo vacinal são os que estão internando, aqueles que têm comorbidade, que já era para ter tomado a terceira dose e não tomaram. Esses são os que a gente vem internando tanto na enfermaria quanto na UTI. E a ocupação da UTI, posso garantir, que é em torno de 100% por quem não está com esquema vacinal completo, ou seja, quem não tomou a terceira”, afirma a secretária.

Ainda segundo ela, alguns dos pacientes internados não tem nenhuma dose, alguns duas doses, que já deveriam ter tomado a terceira. Contudo, Paula reforça que o quantitativo de internação é menor em todo estado, em relação ao que passamos anteriormente.

ÚLTIMAS