5 julho 2022 4:20
5 julho 2022 4:20

Jovem que sofreu acidente é levado de ambulância e maca para fazer perícia do INSS no interior do Acre

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Caso aconteceu em Cruzeiro do Sul. Em agosto do ano passado, um motorista bateu contra a moto de Alessandro e até hoje ele tenta se recuperar.

Uma cena chamou atenção no Centro de Cruzeiro do Sul no início desta semana. É que Alessandro Silva Lima, de 22 anos, precisou ir de ambulância e de maca na agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) da cidade para passar por uma perícia e garantir o auxílio doença.

O jovem sofreu um acidente em agosto do ano passado. Segundo a família, ele estava indo comprar peças para o conserto da moto, quando o motorista de uma caminhonete bateu nele. Desde então, ele tem traçado um longo caminho para se recuperar.

Ele chegou a ficar em coma por alguns dias em Rio Branco. Recebeu o benefício por quatro meses, mas agora precisou passar por perícia novamente para ter o pagamento mantido.

A tia do rapaz, Maria Roseli foi quem acompanhou o jovem até a agência. Ela conta que ele faz o tratamento com a equipe da prefeitura do programa Melhor em Casa, mas precisou ser internado esses dias no hospital dermatológico de Cruzeiro do Sul devido à uma infecção resistente a alguns antibióticos.

Então, ele agendou a perícia porque a família conta com a ajuda do benefício. Para se locomover, ele foi de ambulância e entrou na agência com a ajuda de uma maca. No vídeo, registrado por moradores da cidade, é possível ver ele saindo na hora que começou a chover. Ele foi coberto com um lençol.

[videopress P8FQGcPL]

Idoso é levado de maca para fazer prova de vida no INSS de Cruzeiro do Sul

“A gente já fez dois torneios e agora estamos fazendo uma rifa para ajudar com os gastos do tratamento dele, como fisioterapeuta, fonoaudiólogo, remédios, fraldas, consultas com o neurologista que vem de Rio Branco para atender em Cruzeiro do Sul”, conta.

Devido ao acidente, o jovem teve traumatismo craniano, perdeu um pedaço do crânio por conta disso, perfurou o pulmão e quebrou o braço. Hoje ele depende da família para tudo e também não fala.

“Estamos, fazendo o que podemos para vê-lo andando, falando. Voltar a ser como era, não vai mais. Mas, devemos agradecer a Deus pelo milagre na vida dele, por ele ter sobrevivido”, diz a tia.


Alessandro sofreu acidente no ano passado e agora tenta se recuperar — Foto: Arquivo pessoal

Perícia pode ser feita em casa

A madrasta do jovem, Clemilsa Martins de Oliveira disse que, mesmo que a cena chame atenção, o jovem foi logo atendido assim que chegou na agência. O médico da perícia agora pediu um benefício definitivo.

O porta-voz do INSS, Leonildo Rosas, disse que a impressão, ao ver o vídeo, é de algo grave, mas ele destacou que o jovem foi atendido rapidamente e destacou ainda que, em casos específicos como esse, a pessoa pode solicitar a perícia em casa ou na unidade onde está internada.

“O segurado foi prontamente atendido e sua perícia foi feita, certamente pela gravidade da sua situação o benefício está mantido. Agora a gente orienta, tanto para ele, como para outras pessoas, que podem fazer agendamento para que o médico vá ao hospital ou sua casa nesses casos específicos. Pra gente o mais importante é que sejam atendidos, porque sabemos da importância desse benéfico. Mensalmente, o INSS injeta quase R$ 150 milhões no estado, só perde para o governo estadual, então é um recurso fundamental”, finaliza.

Sobre o homem que causou o acidente, a família disse que ele apenas acionou a seguradora para o conserto da moto que Alessandro pilotava no dia do acidente, que era do mecânico que consertaria a moto dele. Em uma página da internet, a família dele mostra o tratamento e o desenvolvimento dele durante o tratamento.

 

Fonte: G1ACRE

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.800 outros assinantes

ÚLTIMAS