6 julho 2022 8:31
6 julho 2022 8:31

Hemonúcleo de Cruzeiro do Sul lança campanha de doação alusiva ao carnaval

Por Da Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Com o tema “Sangue Folia Solidário”, o Hemonúcleo de Cruzeiro do Sul lançou nesta segunda-feira, 14, a primeira campanha anual de doação de sangue da unidade. A proposta é usar o período que antecede a festa carnavalesca, que não será realizada oficialmente no estado, para sensibilizar doadores a contribuírem para o abastecimento do estoque.

A coleta se estenderá até o dia 25, sexta-feira, e a unidade tem a meta de suprir, de acordo com o tipo sanguíneo, a quantia de bolsas necessárias para atender o município e demais cidades do Vale do Juruá.

“Ao longo de todo ano, realizamos chamamento para novos doadores ou de fidelização dos já existentes. É um trabalho feito com muito compromisso, assiduidade, amor e dinamismo”, enfatizou Sâmea Taumaturgo, gerente-geral do hemonúcleo, ao tratar do engajamento da equipe para salvaguardar vidas.

A fidelidade em doações se refere ao cumprimento das datas programadas para a coleta. Para homens, o prazo é de 60 dias, com até quatro doações em um ano. Para mulheres, o intervalo é de 90 dias, com no mínimo três doações ao longo de 12 meses.

Um levantamento feito pelo centro aponta para a irregularidade no volume de doações. Em 2021, por exemplo, menos de 20% dos mais de cinco mil doadores captados na região procuraram a unidade para realizar a coleta, totalizando 1.508 doações. Para melhorar o cenário, a responsável pela campanha, a assistente social Jamária Freitas reforça a importância do ato humanitário e faz um pedido especial à população.

“Nosso desejo é que a sociedade crie a cultura de doar sangue. Na prática, é um ser humano ajudando o outro. Por isso, precisamos ser solidários porque hoje ajudamos, amanhã, talvez, seremos ajudados. Se você estiver se sentindo bem, nos procure e nos ajude a manter a nossa tabela de estoque no nível adequado”, solicita.

Doador há três anos, Alan Araújo, de 26 anos, deu exemplo ao procurar o Hemonúcleo de Cruzeiro do Sul na manhã desta terça-feira, 15. “Vim saber se estou apto a doar novamente. É um privilégio saber que posso salvar vidas, em sua maioria de pessoas que não conheço”, refletiu.

Quem poder doar

De acordo com autoridades de saúde, o doador de sangue precisa atender os seguintes requisitos: estar em boas condições de saúde; ter entre 16 e 69 anos; pesar, no mínimo, 50 quilos; estar em repouso ( ter dormido, ao menos, seis horas antes da doação); estar bem alimentado, sem ingerir alimentos gordurosos; e portar documento original com foto.

Menores de idade precisam de autorização dos pais ou responsáveis e devem ir à unidade acompanhados de um deles para realizar a doação.

Doação na pandemia

Uma das mudanças impostas pela pandemia foi a criação de novas orientações para doação de sangue de pessoas que se contaminaram com covid-19 ou se vacinaram contra a doença.

Segundo informam os representantes do hemonúcleo, os pacientes que tiveram a forma leve da doença podem doar sangue após 30 dias de recuperação. Aos vacinados, a orientação é para respeitar o prazo de inaptidão temporária, que, em suma, consiste em 48h aos que se imunizaram com Coronavac ou Covaxin e sete dias para quem tomou doses das vacinas Astrazeneca, Pfizer e Jansen. Aos vacinados contra gripe, a dica é aguardar 48h para realizar a doação.

Fonte: Agência Acre

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.864 outros assinantes

ÚLTIMAS