17 agosto 2022 11:35
17 agosto 2022 11:35

Famoso designer usava órgãos humanos enviados de Manaus para criar peças de moda

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Uma mão e três placentas humanas plastinadas teriam sido enviadas para Singapura, no sudeste da Ásia, para um famoso designer da Indonésia conhecido por produzir acessórios e peças de roupas usando órgãos humanos.

Na manhã desta terça-feira (22), a Polícia Federal deflagrou a Operação Plastina’ na Universidade Estadual do Amazonas (UEA) e cumpriu mandado de prisão e busca na universidade e na casa do suspeito, que foi afastado da função pública.

Há indícios de que foi postada uma encomenda contendo uma mão e três placentas de origem humanas, de Manaus com destino à Singapura, cujo destinatário é um famoso designer indonésio que vende acessórios e peças de roupas utilizando materiais de natureza humana.

A operação da PF faz referência ao processo de plastinação é o procedimento de preservação de matéria biológica, que extrai os líquidos corporais e os lipídios, e substitui por resinas plásticas como silicone, poliéster e epóxi, resultando em tecidos secos, inodoros e duráveis.

Se condenado, o suspeito pode cumprir pena de 8 anos pelo crime de tráfico internacional de órgãos humanos.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS