1 julho 2022 12:28
1 julho 2022 12:28

Chuva acumulada em rios Tejo e Amônia colocam Juruá em alerta

Até o momento, o Corpo de Bombeiros ainda não foi acionado para danos maiores, pois a água ainda está nos quintais e não nos pisos das residências.

Por Juruá Online

- Publicidade -

Os rios da região de Porto Walter e Marechal Thaumaturgo continuam preocupando as comunidades vizinhas e, por consequência, o município de Cruzeiro do Sul. De acordo com o comandante Josadac Ibernon, os dois municípios são parâmetros da nossa cidade em relação aos níveis das águas em Cruzeiro do Sul.

“Nesse final e início de semana, as chuvas intensificaram bastante. Isso ocasionou a elevação do nível do rio Juruá, principalmente em Porto Walter e Marechal Thaumaturgo. A tendência é que essa água de lá chegue até aqui, e o nível tende a elevar nos próximos dias”, destacou.

Tem muita chuva acumulada nas cabeceiras do rio Tejo e Amônia, afetando diretamente o rio Juruá, e consequentemente, Cruzeiro do Sul também. Se continuar chovendo nessas comunidades, a tendência é que o nível do rio continue elevado.

Até o momento, o Corpo de Bombeiros ainda não foi acionado para danos maiores, pois a água ainda está nos quintais e não nos pisos das residências.

Marechal Thaumaturgo tem 15 famílias que foram atingidas com água apenas no quintal. “No início do ano já trabalhamos com o plano de contingência, preparando o material e o pessoal para atuar nessa situação. Juntamente com a Prefeitura e Defesa Civil estamos trabalhando para atender as famílias que venham a ser atingidas pela cheia”, ressaltou o comandante do Corpo de Bombeiros.

Das chuvas que caem no rio Jordão, uma parte escorre para as cabeceiras dos rios Restauração e Tejo. Eles, por sua vez, jogam muita água no rio Juruá. Dessa forma, essas chuvas influenciam muito no nível do rio de Cruzeiro de Sul, podendo causar grandes enchentes como a do ano passado.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.747 outros assinantes

ÚLTIMAS