6 julho 2022 11:09
6 julho 2022 11:09

Caso Jonhliane: Alan Araújo tem novo habeas corpus negado

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O estudante Alan Araújo de Lima, réu no processo que apura a morte da jovem Jonhliane Paiva, teve mais um habeas corpus negado, a decisão foi da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Acre, em sessão realizada na quinta-feira, 17, por meio de vídeo conferência.

No recurso a advogada Helane Christina da Rocha alegou constrangimento ilegal decorrente do excesso de prazo. O relator da matéria, Desembargador Samoel Evangelista não aceitou os argumentos e votou pelo indeferimento do pedido. O voto foi acompanhado pelos demais magistrados.

Alan Araújo foi preso pela Polícia Civil em 14 de agosto de 2020, após ter a prisão preventiva decretada por juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditória Militar Alesson Braz.

O estudante, segundo a denúncia do Ministério Público do Acre, participava de um racha com o fisioterapeuta Ícaro Pinto. Jonhliane, que trafegava em uma motocicleta em direção ao trabalho foi atropelada pela BMW conduzida por Ícaro que estava a mais de 115 quilômetros por hora.

O crime aconteceu no dia seis de agosto de 2020, na avenida Antônio da Rocha Viana. No ano passado Ícaro Pinto e Alan Araújo foram pronunciados para responder pelo crime em júri popular, mas a defesa dos réus recorreu da decisão.

Fonte: AcreNews

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.860 outros assinantes

ÚLTIMAS