5 julho 2022 8:02
5 julho 2022 8:02

Casal acusado de matar e enterrar própria filha de 5 meses no dia de Natal é condenado a 20 anos

Por Da Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Um casal foi condenado em Roraima a mais de 20 anos de prisão por matar e enterrar no quintal de casa a própria filha, de 5 meses. O crime ocorreu em 25 de dezembro de 2018, em Caracaraí, região Sul. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (17) pelo Ministério Público do Estado.

Os pais, identificados como Carlos Roberto de Oliveira Pinto e Valdizia Garcia dos Prazeres foram presos em fevereiro de 2019. Eles foram localizados após o Conselho Tutelar de Caracaraí receber uma denúncia anônima e pedir apoio da Polícia Militar.

A bebê Clara Emanuele foi desenterrada pelo homem, apontado como responsável pela morte. A criança estava enrolada em um lençol, dentro de um buraco raso. Outra filha do casal viu a irmã ser morta por Carlos Roberto.

Conforme o MPE, o pai forçou a bebê a ingerir caldo de feijão pela mamadeira, o provocou a morte por asfixia. O casal tentou esconder o corpo em uma cova rasa no quintal e ainda plantaram uma horta no local.

Na época, a Polícia Civil divulgou que Valdizia disse ter recebido a ordem do marido para “inventar” que tinha dado a criança para outra pessoa criar.

A sentença foi aplicada em sessão do júri realizada na Comarca de Caracaraí, nessa terça-feira (15). Carlos foi condenado a 22 anos e 4 meses de reclusão e Valdizia a 17 anos e dois meses, ambos pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

Fonte: G1 RR

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.801 outros assinantes

ÚLTIMAS