17 agosto 2022 9:16
17 agosto 2022 9:16

Campanha arrecada doações para moradores de cidades do Acre vítimas de cheia dos rios

Moradores precisam de alimentos, roupas, material de limpeza e higiene, entre outros. Tarauacá, Porto Walter, Cruzeiro do Sul e Feijó são alguns dos municípios afetados.

Por G1 Ac

- Publicidade -

Com pelo menos cinco cidades enfrentando enchentes dos rios, o governo do estado lançou uma campanha para conseguir ajuda para os moradores dos municípios alagados. A ação é feita pela Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e Políticas para as Mulheres (SEASDHM) e o Gabinete da Primeira-Dama, Ana Paula Cameli.

Podem ser doados: materiais de higiene e limpeza, roupas, calçados, fraldas e alimentos. O ponto de arrecadação é a a sede da SEASDHM, que fica na Avenida Nações Unidas, bairro Estação Experimental, em Rio Branco.

Municípios afetados:

  • Tarauacá

O nível das águas Rio Tarauacá, que leva o mesmo nome da cidade, no interior do Acre, estabilizou nas últimas horas. Segundo a Defesa Civil, nesta sexta-feira (25) na medição das 15h, o rio continuou com a marca de 10,50 metros. A cota de transbordo é 9,50 metros.

Cinco famílias estão desabrigadas, totalizando 29 pessoas na cidade. Ao menos cinco bairros estão atingidos pelas águas, entre eles:

  • Senador Pompeu (Conhecido como Bairro da Praia)
  • Triângulo
  • Bairro das Flores
  • Parte do Centro
  • Entorno da BR 364
Nível do Rio Juruá, em Porto Walter, também está acima da cota de transbordo  — Foto: Macson Alves/Arquivo pessoal

Nível do Rio Juruá, em Porto Walter, também está acima da cota de transbordo — Foto: Macson Alves/Arquivo pessoal

  • Porto Walter

O nível do Rio Juruá, em Porto Walter, também está acima da cota de transbordo e as águas do manancial já atingem quatro bairros da cidade, além de localidades rurais. Cerca de 900 famílias estão atingidas pela cheia, mas ainda não há pessoas desabrigadas ou desalojadas.

Nesta sexta, o rio marcou 10,90 metros, ficando com mais de um metro acima da cota de transbordo, que é de 9,70. Ainda segundo a Defesa Civil, a cota de alerta é de 9 metros.

Entre os bairros atingidos estão:

  • Maloca
  • Segundo Distrito
  • Floresta
  • Várzea
Enchente do Rio Juruá já atinge duas mil pessoas em Cruzeiro do Sul — Foto: Arquivo/Corpo de Bombeiros do Acre e Defesa Civil Municipal

Enchente do Rio Juruá já atinge duas mil pessoas em Cruzeiro do Sul — Foto: Arquivo/Corpo de Bombeiros do Acre e Defesa Civil Municipal

  • Cruzeiro do Sul

Em Cruzeiro do Sul, o Rio Juruá segue com a águas subindo. Na tarde desta sexta (25), o rio marcou 13,57 metros. O manancial continua acima da cota de transbordo, que é de 13 metros.

Ao todo, 11 bairros e 7 comunidades rurais estão atingidos e ao menos 4 mil famílias estão afetadas. Na cidade, uma família com quatro pessoas está desabrigada. A previsão é que mais famílias sejam levadas para o abrigo nesta sexta (25).

Localidades atingidas:

  • Lagoa
  • Várzea
  • Miritizal
  • Cruzeirinho
  • Remanso
  • Saboeiro
  • Olivença
  • Comunidade Florianópolis
  • Ramal da Boca do Môa
  • Cobal
Nível do Rio Envira continua acima da cota de transbordo em Feijó — Foto: Arquivo/Corpo de Bombeiros

Nível do Rio Envira continua acima da cota de transbordo em Feijó — Foto: Arquivo/Corpo de Bombeiros

  • Feijó

O nível do Rio Envira continua acima da cota de transbordo, que é de 12 metros, na cidade de Feijó, no interior do Acre. Porém, as águas baixaram três centrímetros entre às 6h e o meio-dia desta sexta (25), quando marcou 12,27 metros.

Conforme o Corpo de Bombeiros na cidade, cerca de 40 famílias estão afetadas pelas águas do manancial. A enchente atinge três bairros, entre eles, Terminal, Aristides e Hospital. Duas famílias com 15 pessoas estão desabrigadas.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS