5 julho 2022 11:23
5 julho 2022 11:23

Urgente! Juíza decide sobre prisão de William Bonner após denúncia bomba: “Organização criminosa”

Por TVFOCO

- Publicidade -

O jornalista William Bonner, que foi alvo recentemente de uma denúncia bomba na justiça, se livrou de uma prisão urgente por causa de juíza.
Na noite deste domingo (16), acabou de ser rejeitada uma ação arbitrária na justiça que pedia a prisão do jornalista William Bonner, da Globo. A ação foi rejeitada pelo Tribunal de Justiça do DF e dos Territórios e o argumento era contrário à vacinação contra a COVID-19 em crianças, incentivada pelo jornalista.
O responsável por acusar Bonner, Wilson Issao Koressawa, disse que o apresentador participa de uma suposta organização criminosa composta por outros profissionais da Globo cujo objetivo seria falar sobre os impactos positivos da vacinação no combate à pandemia de Coronavírus que ainda assola o país.
William Bonner escapou de denúncia
De acordo com informações da jornalista Monica Bergamo, a juíza responsável por julgar a ação procedente ou não destacou que “o Poder Judiciário não pode afagar delírios negacionistas, reproduzidos pela conivência ativa —quando não incendiados— por parte das instituições, sejam elas públicas ou não”.

De acordo com a publicação, que foi ao ar pela Folha de S.Paulo, a juíza ainda destacou que o autor da ação não tem legitimidade de pleitear a prisão preventiva, uma vez que os crimes citados são de ação penal pública. A profissional também alegou que a representação é incompatível com a vara a qual foi submetida.
Juíza deu o seu parecer sobre pedido de prisão contra o âncora do Jornal Nacional
“Os inúmeros mecanismos de pesos e contrapesos da democracia nos colocaram na presente situação, mas será somente por meio dela que o Poder Judiciário, trincheira do Estado democrático de Direito, poderá colaborar para que ensaiemos a superação da cegueira dos nossos tempos”, destacou a mulher.
 

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.801 outros assinantes

ÚLTIMAS