16 maio 2022 10:52
16 maio 2022 10:52

Twitter finalmente ganha recurso para denunciar fake news

Por Só Notícia Boa

A partir de agora os usuários do Twitter podem denunciar fake news e conteúdos com informações erradas dentro da rede social. Chega de deixar gente mentirosa espalhar notícias falsas para confundir a cabeça das pessoas!
A nova função foi liberada esta semana e chega como mais uma tentativa estratégica para conter a desinformação potencializada pelas redes sociais, neste ano eleitoral no Brasil.
“Selecionamos esses países porque queremos colher aprendizados de uma pequena, porém geograficamente diversificada, gama de regiões — incluindo aquelas em que o inglês não é o primeiro idioma — antes de tornar a ferramenta disponível globalmente”, diz o comunicado oficial do Twitter.
Sobre o Brasil ter entrado na lista dos países que testarão a nova função, a empresa ainda ressaltou que as eleições presidenciais deste ano influenciaram na decisão.
“O fato de 2022 ser ano de eleições no Brasil e nas Filipinas, assim como de meio de mandato nos Estados Unidos, contribuirá para a avaliação de como esta ferramenta de denúncias seria usada em períodos de grandes eventos cívicos”, completa a empresa.
Como fazer a denúncia?
Dá para denunciar as Fake News no Twitter tanto pelo aplicativo como pelo computador.
Basta clicar nos três pontos à direita do tweet que você deseja denunciar, escolher a opção ‘denunciar tweet’ e selecionar ‘as informações são enganosas’.
Em seguida você deve escolher qual tipo de informação enganosa o tweet trata. Há três opções: política, saúde e outra coisa.
A empresa informou que o usuário ainda pode deixar de seguir, silenciar ou bloquear o perfil que publicou ou compartilhou o tweet denunciado.
Haverá uma equipe especializada para analisar as denúncias e averiguar se realmente se trata de Fake News.

Com informações de TecMundo
Demorou, né seu Twitter!

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.190 outros assinantes

ÚLTIMAS