3 janeiro 2022 7:48 pm
26.3 C
Rio Branco
3 janeiro 2022 7:48 pm

Onda de casos de Influenza no Juruá desabastece drogarias que zeraram estoque de anti gripais

Juruá Online
-------- Continua depois da Publicidade--------

O surto de gripe segue levando muitas pessoas aos hospitais, postos de saúdes e também às farmácias. Na Central de Distribuição de Medicamentos de Cruzeiro do Sul, a procura por medicamentos no combate a gripe aumentou e alguns já estão em falta, como é o caso do Tamiflu. Outros podem até faltar nesta semana. “Realmente a demanda dos medicamentos antigripais triplicou. Alguns médicos passaram medicamentos que são bastantes caros e só tinha aqui na unidade e saíram todos”.


O coordenador afirmou que alguns dos servidores também tiveram que ficar afastados por terem adoecido. Mesmo assim. a Central não fechou durante o final de semana do ano novo, devido a grande procura da população. “Tivemos que nos redobrar porque os servidores adoecerem. Eu hoje estou retornando passei, pois passei três dias ausente, bastante ruim da gripe”.

Hoje pela manhã, as oito caixas e 20 cartelas de Tamiflu que restaram foram levadas para o Hospital do Juruá e UPA, para o tratamento dos pacientes que estão internados. “O Estado mandou uma pequena quantidade e como eles também tem uma demanda muito grande dessa medicação, nós estamos mandando uma pequena quantidade dividindo pra UPA e Hospital do Juruá que são pacientes que estão em estado mais grave”.

O idoso Edilson Alves Cabral foi na Central pegar medicamentos para a neta e a esposa que estão doentes com a gripe. “Fazem quatro dias que elas estão ruins, com febre, dor de cabeça e não conseguem comer nada”.

Em relação a grande demanda e a possível falta de medicamentos em Cruzeiro do Sul, Josiano Brito, representante do Conselho de Farmácias, afirma que talvez em drogarias menores tenha acabado por um período, mas em drogarias maiores todas as farmácias estavam com medicamentos em estoque. “Foram mandandos medicamentos pela distribuidora e dois caminhões foram enviados para Cruzeiro do Sul e logo as drogarias estarão com seus estoques em dias”.

Em relação ao Tamiflu que reclamaram pelo preço exorbitante, ele afirma que a procura está de forma exagerada. “Este medicamento só é vendido por prescrição médica e a que está sendo prescrita é a de 300 ml, que é a que tem o preço mais caro e sai em média por 270 reais através do desconto”.

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS