17 maio 2022 2:30
17 maio 2022 2:30

Menores de idade, indígenas lotam as calçadas de Rio Branco em busca de esmolas

Por AcreNews

Avenida Nações Unidas, Rio Branco, capital do Acre, meio-dia. Um grupo de indígenas, a maioria menor de idade, se aglomera na calçada segurando cartazes, enquanto um garoto, também indígena, bate no vidro da porta dos veículos pedindo dinheiro.
Esta cena tem se repetido diariamente nas ruas da maior cidade do Acre. Os índios abandonaram suas aldeias e migraram a cidade, onde vivem como pedintes. Em Rio Branco existe a Casa do Índio, localizada próximo ao Ceasa, onde é ofertado hospedagem, alimentação e atendimento médico. Mas embora contém com toda essa estrutura, os parentes vivem pedindo esmolas enquanto as autoridades responsáveis pela causa indígena não se pronunciam.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.197 outros assinantes

ÚLTIMAS