13 janeiro 2022 7:03 pm
31.3 C
Rio Branco
13 janeiro 2022 7:03 pm

Jovem encontrado morto com mãos e pés amarrados já foi preso por tráfico de drogas e entregou logística do crime

OlharDireto
-------- Continua depois da Publicidade--------

O jovem Vinny Marques Porto, 24 anos, encontrado morto na última segunda-feira (10), no bairro Capão Grande, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), já foi preso pelo crime de tráfico de drogas. Na ocasião, ele confessou toda a logística adotada para vender o entorpecente.

A prisão aconteceu em novembro do ano passado, no bairro Jardim Icaraí, quando a Polícia Militar fazia rondas e visualizou dois homens em frente uma residência, sendo um deles Vinny.

Ao perceber aproximação da viatura, Vinny tentou fugir para uma região de mata, mas acabou detido. Com ele a polícia apreendeu um tablete de maconha.

Ao receber voz de prisão, Vinny teria resistido e se debatido para não ser algemado. Só depois de algumas técnicas de imobilização, os militares conseguiram colocar as algemas.

O comparsa não estava com nada de ilícito, no entanto, nas proximidades havia uma porção de maconha que ele não soube explicar a procedência.

Durante a ocorrência, Vinny teria dito aos policiais que era responsável por guardar uma grande quantidade de droga, além de fazer as entregas aos usuários. Para despistar as forças de segurança, Vinny costumava guardar os tabletes em locais ermos.

Ainda conforme a versão da PM, Vinny teria dito que o tablete apreendido seria entregue a uma pessoa, cujo nome não foi revelado, e acrescentou também que teria mais droga em sua casa no bairro Cristo Rei.

Os militares então foram até o imóvel e não encontraram nada. Posteriomente, também foram em outro endereço para procurar drogas em tonéis, porém, não encontraram.

Diante da situação, ambos foram encaminhados à Central de Flagrantes.

Desaparecimento e morte

Vinny estava desaparecido desde o último sábado (08), o que deixou familiares preocupados. Ele estava sendo procurado também pelo Núcleo de Pessoas Desaparecidas (NPD) da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O cadáver foi encontrado com sinal de tiro na cabeça, mãos e pés amarrados, já em estado de decomposição. Logo depois do corpo ser encontrado por populares na região da MT-351, foi possível realizar a identificação do jovem.

Em um áudio que circula nas redes sociais, o pai da vítima também confirma que se trata do seu filho.
As características da cena do crime apontam para uma possível execução do Comando Vermelho.

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS