3 janeiro 2022 12:54 pm
30.3 C
Rio Branco
3 janeiro 2022 12:54 pm

Homem estupra enteada de 14 anos no réveillon e é espancado por vizinhos

Correios Braziliense
-------- Continua depois da Publicidade--------

Adolescente de 14 anos dormia no quarto com os irmãos quando foi surpreendida pelo padrasto, de 43, na madrugada do réveillon, em Belo Horizonte

Ocorrência foi atendida pelos policiais da 127 cia da PM mineira.

Um homem de 43 anos estuprou a própria enteada de 14 anos, dentro de casa, na Região Centro-Sul de BH, na madrugada do réveillon – e acabou espancado por vizinhos que souberam do crime ainda nas primeiras horas de sábado (1º/1). O autor também chegou a xingar e ameaçar a vítima e dizer: “Só você tomar remédio mais tarde que não vai ficar grávida”.

As autoridades policiais foram acionadas pela equipe médica do hospital Odilon Behrens, onde a menina de 14 anos foi medicada. Ela contou aos militares que saiu à noite para comemorar o ano novo e retornou à casa por volta das 3h, após a mãe precisar ir ao médico.

Na residência, no Aglomerado da Serra, encontrou os dois irmãos, de 2 e 5 anos, chorando. Ela decidiu pegar os dois e deitar com eles na cama de casal da mãe para acalmá-los. E lá adormeceu.

Um tempo depois, ela acordou, sufocada, com o companheiro da mãe em cima dela. Nesse momento, ela percebeu que o short dela estava baixo, sendo estuprada pelo homem. No relato à polícia, a vítima conta que ele chamava a jovem de baixo calão e disse “fica calada e você vai sair no lucro. Se não falar nada pra ninguém, eu vou te dar dinheiro”.

Ele ordenou ainda que ela não contasse para a mãe.

A adolescente contou que foi nesse momento que a mãe chegou em casa. O homem levantou o short, abriu a porta, e teria tentado despistar. A vitima relatou que entrou em estado de pânico. Ela procurou a namorada para contar ocorrido.

De acordo com o registro policial, ela encontrou a namorada no portão de casa e, como as ruas estavam cheias devido à festa do final de ano, pessoas que passavam por lá ouviram o relato do estupro.

Revoltadas, as pessoas foram até a casa da jovem e lincharam o autor. O homem ficou bastante machucado, segundo os militares, e foi localizado no Hospital João XXIII.

O telefone do autor foi apreendido depois que ele disse que teria ‘coisas’ que não poderiam ser vistas. O homem foi preso.

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS