8 janeiro 2022 4:08 pm
28.3 C
Rio Branco
8 janeiro 2022 4:08 pm

Fundhacre realiza atendimentos em otorrino neste sábado

Agência do Acre
-------- Continua depois da Publicidade--------

Neste sábado, 8, a Fundação Hospital do Acre (Fundhacre), realizou consultas especializadas na área de otorrinolaringologista. O objetivo é acelerar os atendimentos com o foco na diminuição da fila de espera.

Rosângela Farias, chefe do ambulatório falou sobre a importância da retomada dessas atividades para o hospital. “A nossa meta é zerar as consultas e deixar todas em dias, teremos os mutirões todos os sábados dos mês de janeiro”, explica.

O presidente da Fundhacre, João Paulo Silva, explica que a unidade vem trabalhando atualmente para dar vazão nas filas por meio dos mutirões, e destaca ainda a previsão em outras especialidades.


Presidente da Fundhacre, João Paulo Silva abordando sobre o mutirão de consultas. Foto: Willian Souza

“Nós vamos trabalhar em diversas áreas como ortopedia, oftalmologia, reumatologia e outras especialidades que apresentam uma alta demanda no Estado. A previsão é de que estes serviços nestas áreas iniciem no mês de fevereiro ou em março”, afirma o gestor.

As ações têm a pretensão de não se concentrarem apenas na capital, mas atingir também os municípios vizinhos, assim levando o atendimento ao usuário e garantindo a ele acesso a saúde pública.


Objetivo é acelerar os atendimentos com o foco na diminuição da fila de espera. Foto: Wagner Oliveira.

“O mutirão tem previsão para continuar durante todo o ano, não só com consultas, mas também com exames como: eletroencefalograma, ecocardiograma, ultrassonografia e, com a chegada do novo tomógrafo, exames de tomografia, com previsão já nos próximos meses”, disse o presidente.

Carlane de Souza estava há dois anos esperando um atendimento para o filho de 6 anos, que possui uma inflamação no ouvido, ela foi até a unidade em busca de um diagnóstico e fala sobre a importância do momento.


Carlane de Souza aguardava há dois anos um atendimento para o filho. Foto: Willian Souza

“Eu fico aliviada pois agora a gente realmente vai saber o que ele tem, se tem uma medicação que possa fazer ele melhorar cada vez mais”, ressalta a mãe.

Os atendimentos contam com uma parceria com a Universidade Federal do Acre (Ufac), trazendo os alunos do curso de medicina para a unidade, assim proporcionando aulas práticas. São 15 pacientes por cada sábado, o mutirão atende especialmente na área de otorrinolaringologia.

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS