12 janeiro 2022 2:25 pm
28.3 C
Rio Branco
12 janeiro 2022 2:25 pm

Familiares se emocionam com memorial em homenagem as vítimas de Covid-19

Os nomes de mais de 1800 vítimas da Covid-19 foram gravados em placas

Dry Alves, da Redação Ecos da Notícia
-------- Continua depois da Publicidade--------

O governador Gladson Cameli entregou, em uma cerimônia intimista, na noite de terça-feira, 11, o Memorial às Vítimas da Covid-19. O espaço fica localizado às margens do Lago do Amor, próximo ao  Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Acre (Into-AC), em Rio Branco, Acre.

Os nomes de mais de 1800 vítimas da Covid-19 foram gravados em placas que compõem o projeto que tem como principal objetivo homenagear e preservar viva a memória de cada uma delas.

Um dos nomes gravados no memorial é o da diarista Alcemira de Queiroz Pereira, 53 anos, ela foi uma dos três primeiros pacientes transferidos para Unidades de Terapia Intensiva (UTI), no Amazonas, em 19 de março de 2021, mas que, infelizmente, não resistiu e veio a óbito no dia 2 de abril, 14 dias depois de ser transferida.

Foto: Arquivo Pessoal

Alcemira deixou duas filhas Andréa e Jaqueline Pereira, 33 e 30 anos. “Ela era uma mulher ativa, alto astral, gostava de ajudar todo mundo. Generosa, trabalhava de segunda a segunda, não se deixada abater por qualquer coisa. A mãe era sinônimo de força”, disse Jaqueline.

Andréa conta que a mãe tinha pressão alta e tratava de hipertireoidismo, fazendo tratamento periodicamente em Porto Velho (RO) e como era uma pessoa ativa e pegava ônibus todos os dias para trabalhar, não sabem ao certo onde ela veio a se infectar, o que sabem é que ela era extremamente cuidadosa e seguia os cuidados recomendado, pois além de trabalhar fora ainda cuidava dos pais idosos.

Foto: Arquivo Pessoal

A entrega do memorial emocionou as filhas de dona Alcemira, que não têm dúvidas de que a mãe lutou até último segundo para viver. “Ela foi uma ótima mãe, sempre dando o melhor pra gente. Lembrar dela é ter boas lembranças de tudo q ela fez para nos tornarmos quem somos hoje”, pontua Andréa.

Outro nome que consta nas placas é do Policial Penal Eden Carlos Santos da Cruz, 38 anos, que deu entrada no Into-AC no dia 02 de março de 2021 e foi a óbito dia 17 de março. A esposa Jaqueline Alves, 33 anos, estava prestes a dar a luz a segunda filha do casal quando perdeu o marido para a Covid-19. Estela nasceu dia 25 de março, prematura de 36 semanas.

Foto: Arquivo Pessoal

“Ele sempre foi um excelente marido e, sem dúvidas, um pai maravilhoso. Sempre foi presente na vida da Amanda [primeira filha do casal] e como a escala dele era bem flexível ele tinha tempo para se dedicar para a família. Ele quem fazia o café da manhã e acordava nossa filha com beijos e abraços. Sempre foi assim e não há palavras no mundo que possam expressar a falta que ele faz na vida dela. Perdemos nosso alicerce e o melhor esposo que eu podia ter”, relembra a esposa.

Foto: Arquivo Pessoal

Para Jaqueline a homenagem é válida e deseja que todos, assim como o esposo, que contraiu o vírus servindo ao estado sejam sempre reconhecidos. Para homenagear o marido em casa, ela montou um memorial com a primeira roupinha que ambos escolheram quando souberam o sexo da segunda filho.

Foto: Arquivo Pessoal

A filha de Eden, Amanda da Cruz, 14 anos fala que o pai sempre foi a alegria da casa. “meu pai era meu herói, meu tudo. É complicado acordar cedo e saber que não vai ter aquele cheiro e aquele carinho, principalmente a minha mãe. Tudo que a gente vai fazer lembra dele”, lembra a filha, que lamenta o pai não está presente para ver o desenvolvimento da irmã.

Amanda vê a homenagem as vítimas como uma forma de não serem esquecidas e que não morreram em vão, que cada um cumpriu seu propósito.

“Cada um nasce com um propósito nessa terra e eu acredito que meu já cumpriu o dele e teve que ir. Apesar da falta que ele faz, em partes eu entendo que era a hora dele e cada um dos outros”, diz.

Foto: Arquivo Pessoal

Até o ultimo boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), na última terça-feira, 11, o Acre registrou 188 novos casos de infecção por coronavírus subindo para 88.628 o número de infectados em todo o estado. O o número de óbitos é de 1854.

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS