6 janeiro 2022 8:30 pm
23.3 C
Rio Branco
6 janeiro 2022 8:30 pm

Exército comemora 79 anos de atuação no Alto Juruá

Voz do Norte
-------- Continua depois da Publicidade--------

Uma formatura no Comando do Fronteira Juruá/61º Batalhão de Infantaria e Selva (C.Fron Juruá/61º BIS – Batalhão General Thaumaturgo de Azevedo – em Cruzeiro do Sul, na manhã desta quinta-feira (07), celebrou os 79 anos de ações do Exército Brasileiro na região mais ocidental do Brasil, que compreende os municípios do Alto Juruá que fazem fronteira com o Peru.

A solenidade foi prestigiada por familiares e militares do 61⁰ Batalhão de Infantaria de Selva e por autoridades locais que reconhecem a importância do Exército para o desenvolvimento das cidades localizadas em uma das partes mais isoladas do país.

“A nossa história, a nossa cultura e o nosso desenvolvimento estão intrinsecamente ligados à história do Exército com a presença na região do Vale do Juruá. A Prefeitura busca sempre a fazer parcerias e agradece pelo apoio do Exército. Estamos em um lugar de quilômetros e quilômetros de fronteira e o Exército garante a nossa soberania. Nos sentimos seguros com a presença do Exército”, ressaltou o prefeito de Cruzeiro do Sul em exercício, Henrique Afonso.

Ao longo de 50 anos, a atuação foi com o 7⁰ BEC (Batalhão de Engenharia e Construção). Nesse período, o Exército foi fundamental para a construção de grandes obras nas cidades da região e o principal responsável pela ligação do Vale do Juruá com outras partes do país, por meio da abertura da BR 364. A partir da década de 1990, o 7⁰ BEC foi substituído pelo 61⁰ BIS que passou atuar na proteção das fronteiras desta região remota da Amazônia e também desenvolve ações sociais para a população local.

“O Batalhão continua cumprindo suas missões constitucionais, apoiando Cruzeiro do Sul em tudo que é possível. Essa é nossa missão e cumprimos com muito orgulho, honra e satisfação por puder servir a população dessa cidade”, disse o comandante do 61⁰ BIS, tenente-coronel Wildson.

-------- Continua depois da Publicidade--------

Em Cruzeiro do Sul, secretaria de educação suspende as aulas presenciais devido surto de influenza

Com a decisão, as aulas do ensino fundamental, do 6⁰ ao 9⁰ anos, que estavam ocorrendo de forma híbrida, deixarão de ser oferecidas na modalidade presencial e passarão apenas para o sistema remoto.
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS