23 janeiro 2022 11:32 pm
24.3 C
Rio Branco
23 janeiro 2022 11:32 pm

Brasil tem o segundo pior salário mínimo do mundo

Brasil123
-------- Continua depois da Publicidade--------

Uma lista divulgada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), alocou o Brasil no segundo lugar do ranking de países com o pior salário mínimo do mundo, perdendo somente para o México que lidera este levantamento. A apuração foi feita pela plataforma de descontos CupomValido.com.br, que uniu dados da OCDE e do World Bank sobre a remuneração dos trabalhadores por todo o mundo.

Não há como deixar de lado que as legislações referentes aos salários mínimos são relativamente novas em todos os países do mundo, tendo em vista que grande parte foi criada somente no século 20. A Nova Zelândia é uma exceção neste cenário, tendo sido o primeiro país do mundo a implantar a lei do salário mínimo no ano de 1894. Enquanto isso, nos Estados Unidos da América (EUA) a lei que dispõe sobre o tema foi apreciada somente em 1938.

Hoje, os EUA não compõem, nem mesmo, o top dez dos países com os maiores salários mínimos do mundo. No levantamento também é possível observar que, em alguns países da Europa e da Oceania, o salário mínimo por hora é maior que US$ 10,01. A média parte deste valor/hora até apenas US$ 1,00, chegando até mesmo em países sem um salário mínimo estabelecido por lei.

É importante explicar que a pesquisa usou o dólar como moeda base, e os salários foram reajustados pela paridade do poder de compra. Sendo assim, no Brasil, a média do salário mínimo por hora equivale a US$ 2. Mas ao analisar apenas o cenário dos países da América Latina, o Brasil fica atrás do Chile que paga a média de US$ 3,3 a hora e a Colômbia, cuja remuneração média é de US$ 2,9 a hora.

Do outro lado do planeta Terra, a Austrália é o país com o maior salário mínimo do mundo, cujo valor da hora de trabalho corresponde a US$ 12,9, quase seis vezes a mais que a quantia paga no Brasil. Contudo, é importante ter em mente que, apesar de um salário maior, a quantidade de horas trabalhadas na Austrália é bem menor que no Brasil. Os trabalhadores australianos trabalham apenas 38 horas por semana.

Outra vantagem notada é que os trabalhadores são contemplados por uma contribuição que, na Austrália, é chamada de ‘superannuation’, que consiste na soma do valor adicional de 9,5% destinados à aposentadoria de cada trabalhador. A maior carga horária do mundo é composta por mais de 2.500 horas trabalhados ao ano em alguns países da Ásia, Oceania e América Central.

Ao analisar o cenário específico de alguns países, nota-se que o Brasil possui uma carga horária média de 30,5 horas semanais; no México, 28,7% dos trabalhadores permanecem por mais de 50 horas no trabalho durante a semana. Enquanto isso, a China possui o sistema 996, que consiste em iniciar a jornada diária de 12 horas durante seis dias por semana.

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS