8 janeiro 2022 1:09 pm
28.3 C
Rio Branco
8 janeiro 2022 1:09 pm

Aprovados do cadastro de reserva do concurso do IDAF fazem levantamento e descobrem déficit em secretarias

Dry Alves, da redação ecos da notícia
-------- Continua depois da Publicidade--------

Os aprovados no cadastro de reserva do concurso do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (IDAF) realizaram um levantamento e descobriram um déficit de pessoas nas secretarias do estado, inclusive, em muitas regionais não há nenhum pessoal.

“Estamos rodando os municípios vendo cada deficiência no interior do estado. Descobrimos no levantamento que 56% dos aprovados podem ser absorvidos pelas secretarias do estado e que não há nenhum empecilho para o Governador fazer isso. Pedimos aqui que o governo olhe pelos aprovados no concurso público do IDAF, o único da gestão dele homologado e preparado para contratação imediata com pessoas competentes”, disse o presidente da comissão dos aprovados do IDAF, Helenardson Vasconcelos da Cunha.

Cunha destaca outro fato que chama a atenção que é o fato dos poucos funcionários que existem trabalhando e que possuem de 34 a 42 anos de serviço e ainda não se aposentaram, pois perdem as gratificações que ganham.

“Isso ocasionando um desconforto entre os profissionais que merecem gozarem de suas aposentadorias. Queremos aqui dizer ao governo do estado que receba a comissão dos aprovados para uma tratativas sobre essa questão ao qual muitos profissionais almejam ser funcionários públicos e agregar ainda mais valor ao agronegócio com um belo comprometimento de todos na assistência técnica. Pedimos a ajuda do governo sobre essa possibilidade”, pontua o presidente.

Nossa equipe entrou em contato com a assessoria do governo que emitiu a seguinte nota:

Esclarecimento

O concurso do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Acre (IDAF) foi realizado para compor unicamente cadastro de reserva especificamente para o órgão, sem previsão de contratação imediata.

Contudo, em razão do Estado ter extrapolando o limite prudencial de despesa com pessoal ficou impedido de realizar as contratações, conforme demanda do órgão.

Diante do impedimento de contratação previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o governo do Estado, ciente dos compromissos assumidos com o Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA), para o manter o status de estado Livre da Febre Aftosa, e com a demanda do IDAF e também como prova de respeito aos candidatos aprovados, fundamentou entendimento comprovando que parte dos cargos do concurso são inerentes à área de saúde pública, o que possibilitou o chamamento de 65 candidatos dentro da vacância existente, tudo feito nos termos da legislação em vigor.

Atualmente, o Estado permanece impedido de realizar novas contratações, devido ainda estar acima do limite prudencial da LRF.

No entanto, tanto a secretaria de Estado de Planejamento do Acre (SEPLAG), quanto a Procuradoria Geral do Estado (PGE) e a presidência do IDAF, estão à disposição para receber a comissão dos candidatos e realizar todos os esclarecimentos legais que se fizerem necessários.

Governo do Acre

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS