25 janeiro 2022 11:58 pm
23.3 C
Rio Branco
25 janeiro 2022 11:58 pm

Aposentada que vive no nordeste faz tatuagem em homenagem ao Acre: “Um grande amor!”

Acrenews
-------- Continua depois da Publicidade--------

“Eu saí dele e ele não saiu de mim!”. A frase é da aposentada, Labina Barroso, ao justificar a singela homenagem feita à sua terra natal, o Acre. A agente de relações públicas, que vive atualmente no nordeste, mandou tatuar no pulso o mapa geográfico do Acre juntamente com a estrela da bandeira acreana. O procedimento foi feito, hoje (11), e vem repercutindo nas redes sociais.

“Eu sempre quis tatuar o Acre como forma de prestar homenagens. Optei pelo desenho vazado com o mapa e a estrelinha da bandeira no lugar que é a minha cidade, a querida Brasiléia (…) Eu sinto muitas saudades do meu estado. Dos amigos que lá ficaram. Os amigos acreanos são os melhores. Nossa gastronomia e também a nossa cultura são inigualáveis (…) Eu tenho um amor muito, muito, grande pelo Acre!”, disse Labina antes mesmo de deixar o Studio.


Labina é uma família tradicional da região da fronteira com a Bolívia. Filha da dona Lindaura de Souza e seu Amílcar Melo, veio para Rio Branco ainda na juventude para cursar o ensino superior. Ela entrou para os quadros da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) no ano de 1984. Ao cumprir com os requisitos, deu início ao processo de aposentadoria. Deixou as “Terras de Galvez”, há alguns anos, influenciada pelos projetos dos filhos. Passou uma temporada no Tocantins (TO) e seguiu até o Rio Grande do Norte (RN), onde reside atualmente em Natal.

“Tive que acompanhar os meus filhos nos seus projetos. Costumo dizer que saí do Acre, e ele não saiu de mim. Por onde ando tenho muito orgulho de dizer de onde eu vim. Costumo contar da nossa cultura, da riquíssima história do processo de anexação do Acre ao Brasil e outros (…)A gente sempre que pode vai ao Acre matar a saudade de todos e principalmente das nossas deliciosas comidas (…) Enquanto isso não acontece, lanço os melhores sentimentos ao meu estado e aos nossos conterrâneos. Como prova, a tatuagem para nunca me esquecer desse lugar maravilhoso”, concluiu.

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS