16 maio 2022 9:42
16 maio 2022 9:42

Quatro acusados de esquartejar jovem vão a júri popular

Por Acrenews

A sentença de pronúncia é assinada pela Juíza da 1ª Vara do Tribunal do Júri, Luana Campos. Com a decisão, quatro dos cinco envolvidos na morte seguida de esquartejamento e ocultação de cadáver da jovem Sandra Lima de Souza vão responder pelo crime em Júri Popular.
Carlos Eduardo Paiva da Silva, o “Dudu”, Janaína Oliveira da Silva, a “Jana” e Rafael da Silva Veras, o “Sabotagem”, serão levados ao banco dos réus para responder por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e por integrar organização criminosa.
José de Souza Ferreira, vulgo “De Menor”, é acusado de ocultação de cadáver e por integrar organização criminosa. Em relação a acusada Thays da Silva Dutra, a “Japinha”, o processo foi desmembrado. Na mesma decisão a magistrada manteve a prisão preventiva dos cinco réus.
A jovem Sandra Lima foi assassinada, segundo a investigação, por membros do “Tribunal do Crime”. O fato ocorreu no dia 5 de abril do ano passado em uma residência localizada na região do Belo Jardim.
Sandra tinha vindo da zona rural para morar com uma irmã. A investigação revelou que após ser morta a golpes de faca a jovem foi esquartejada pela quadrilha e teve os restos mortais jogados no Igarapé Judia. Na época, a polícia chegou a localizar o imóvel onde a jovem foi executada.
A previsão é que o júri dos quatro réus seja realizado durante o primeiro semestre de 2022.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.191 outros assinantes

ÚLTIMAS