29 dezembro 2021 12:31 pm
26.3 C
Rio Branco
29 dezembro 2021 12:31 pm

Quase 6 mil cuiabanos procuraram Upas e Policlínicas em 3 dias; 46 estão internados

Repórter MT
-------- Continua depois da Publicidade--------

Enquanto as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Policlínicas de Cuiabá realizaram 5.953 consultas médicas, entre o último domingo (26) e 14 horas dessa terça-feira (29), hospitais públicos e privados registram 46 internações por Influenza, sendo 37 de residentes e 9 de não residentes da Capital.

Um levantamento realizado pelo setor de estatística da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) mostra que 64% dos atendimentos realizados nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Policlínicas são referentes a pacientes classificados com as cores verde e azul pela triagem, ou seja, pouco urgente ou sem urgência, conforme o Protocolo de Manchester, utilizado mundialmente nas unidades de saúde.

Os dados são relativos ao período de janeiro e novembro de 2021, mas a realidade tem se mantido neste mês de dezembro, até mesmo com aumento do percentual de casos leves. Visando melhorar o fluxo de atendimento aos usuários, a Secretaria Municipal de Saúde lançou o Plano de Enfrentamento à Síndrome Gripal e Síndrome Respiratória Aguda Grave, que começou a valer na segunda-feira (27). Na nova metodologia, todas as unidades básicas de saúde (UBS) passaram a atender aos pacientes com sintomas gripais leves em livre demanda, ou seja, sem necessidade de agendamento. Isso significa que pessoas com sintomas como coriza, mal-estar, febre, diarreia e tosse, devem procurar a unidade de saúde da família mais próxima de sua casa.

Já ao sentir um desconforto respiratório ou aumento da frequência respiratória, por exemplo, o indicado é procurar a unidade de pronto atendimento. Os casos que necessitarem de internação serão encaminhados para o Hospital Referência à Covid-19 (antigo Pronto Socorro) ou para o Hospital são Benedito, de acordo com o Plano de Enfrentamento.

De acordo com o médico Renan Mâncio, diretor clínico da UPA Norte, essas orientações têm sido repassadas aos usuários que buscam as unidade de Atenção Secundária, com o objetivo de orientar à população quanto ao local correto para procurar assistência. “Nós temos que entender que o Sistema Único de Saúde (SUS) é dividido em atenções primária, secundária e terciária. E a estrutura primária em Cuiabá é muito bem equipada. Então, em caso de sintomas leves, o ideal é procurar a UBS mais próxima e deixar para a policlínica ou UPA os casos mais graves, que são os notificados”, afirma.

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS