29 dezembro 2021 9:11 am
25.3 C
Rio Branco
29 dezembro 2021 9:11 am

Pai é detido por bater no filho com uma mangueira de jardim

No Amazonas é Assim
-------- Continua depois da Publicidade--------

Um homem de 37 anos foi preso nesse domingo (26) suspeito de espancar o filho com uma mangueira de jardim, em Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte. A polícia esteve no bairro Santo Antônio da Roça Grande por volta das 20h, depois de receber, em uma denúncia anônima, a informação de que a criança de 12 anos estava sendo vítima de maus tratos.

Ao chegar na residência, os militares conversaram com um tio do menino, que testemunhou as agressões. Ele disse que o irmão teria dado vários golpes de mangueira nos braços e nas costas do sobrinho.

Em depoimento, o pai confessou o crime e disse ter se exaltado depois que a criança foi até a casa do tio sem permissão. Na residência da família, a polícia apreendeu o pedaço de mangueira usado para agredir a criança. O pai foi levado até a delegacia para prestar esclarecimento e liberado em seguida.

Já a vítima foi encaminhada a uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) no bairro Nações Unidas, com várias lesões nas costas e nos braços. Por lá, o menino recebeu atendimento e logo foi liberado.

Procurada pelo BHAZ, a Polícia Civil informou que, após o registro da ocorrência, “a criança de 12 anos foi encaminhada para atendimento médico e exames cabíveis” e o pai foi liberado após ser ouvido e uma unidade da corporação. “O suspeito assinou termo de compromisso e, em seguida, foi liberado”, diz trecho da nota (leia na íntegra abaixo).

Nota da Polícia Civil na íntegra

A Polícia Civil de Minas Gerais informa que a ocorrência foi registrada, neste domingo (26/12), no bairro Santo Antônio da Roça Grande, em Sabará. Após os fatos, a criança, de 12 anos, foi encaminhada para atendimento médico e exames cabíveis, enquanto o homem, de 37 anos, foi conduzido à Delegacia de Plantão. Ele foi ouvido pela Autoridade Policial da Central Estadual do Plantão Digital, que lavrou Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por maus-tratos. O suspeito assinou termo de compromisso e, em seguida, foi liberado. 

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS