29 dezembro 2021 7:50 am
25.3 C
Rio Branco
29 dezembro 2021 7:50 am

Novo campeão do Jungle Fight, Henerson Neném pediu exoneração do Banco do Brasil para se dedicar ao MMA

Da Redação Ecos da Notícia
-------- Continua depois da Publicidade--------

O Jungle Fight tem um novo campeão peso leve. Dias depois de Lucas Almeida abrir mão do título para fechar com o UFC, Henerson Neném conquistou o cinturão ao finalizar Joelson Pantoja com um mata-leão no primeiro round na 104ª edição do maior evento de MMA da América Latina, realizado na última terça-feira na capital paulista.

Foi a sétima vitória nas últimas oito lutas do novo campeão, três delas em sequência. Vale destacar que Neném, de 29 anos, pediu exoneração do Banco do Brasil para poder se dedicar ao MMA. Agora dono de cinturão do Jungle Fight, ele espera seguir o mesmo caminho de antigos campeões da organização.

“É muito difícil ter coragem de largar um emprego público para investir no sonho, mas eu acreditei que poderia trabalhar para isso. Hoje sou campeão do maior evento de MMA da América Latina e acredito que isso vai fazer com que o Dana White e o Sean Shelby olhem para mim”, declarou Henerson Neném.

O Jungle Fight 104 foi recheado de desfechos relâmpagos. Caique Costa nocauteou Daniel Madruga em incríveis 10 segundos; Kelly Ottoni nocauteou Luana Baiana em 19 segundos; Marcelo Medeiros nocauteou Lucenildo Souza em 39 segundos; e Gabriel Roque finalizou Jeferson Do Bronx’s com uma guilhotina aos 56 segundos.

Numa das melhores lutas do ano, Luiz Paulo Barbosa e Matheus Severino alternaram golpes, quedas, knockdowns e tentativas de finalizações, até Luiz Paulo abrir um corte profundo na testa de Severino, que foi impedido pelo médico de continuar na luta, resultando na vitória do adversário.

O Jungle Fight retorna em sua 105ª edição no dia 30 de janeiro, em Manaus, cidade que foi palco das seis primeiras edições do evento, entre 2003 e 2006, e da histórica edição de número 100, em 2019.

“Muito feliz de estar levando o Jungle Fight de volta para onde ele nasceu, com a parceria incrível da rede Calderaro de Comunicação, que é dona da TV A Crítica”, destacou Wallid Ismail.

Confira abaixo os resultados completos do evento:

Jungle Fight 104

São Paulo, SP

28 de dezembro de 2021

Henerson Nenem finalizou Joelson Pantoja com um mata-leão aos 3:40 do R1

Caique Costa venceu Daniel Madruga por nocaute técnico aos 0:10 do R1

Igor Severino venceu Davi Almeida por nocaute técnico a 1:08 do R2

John Snake venceu Denilson Meireles por nocaute técnico aos 4:58 do R2

Kelly Ottoni venceu Luana Baiana por nocaute aos 0:19 do R1

Marciley Durin venceu Douglas Puro Osso por decisão unânime

João Vitor Dantas venceu Adriano Deziderio por nocaute técnico aos 3:05 do R1

Luiz Paulo Barbosa venceu Matheus Severino por nocaute técnico (interrupção médica) aos 3:45 do R1

Victor Bulldoguinho venceu Jefte Brilhante por decisão dividida

Rafael Dias finalizou Valdileno Maia com um mata-leão AOS 1:14 do R2

Marcelo Medeiros venceu Lucenildo Souza por nocaute aos 0:39 do R2

Vanderlei Soul Gloo venceu Marcos Lolata por nocaute técnico (desistência) aos 4:17 do R1

Gabriel Roque finalizou Jeferson Do Bronx’s com uma guilhotina aos 56 do R1

Fonte: Lance!

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS